Varejo fecha primeiro semestre com alta de 2,9%

Balanço de Vendas da ACSP também aponta aumento médio de 2,2% em junho de 2018 sobre igual mês do ano passado. Avanço da seleção pode puxar as vendas de julho

Redação DC
03/Jul/2018
  • btn-whatsapp
Varejo fecha primeiro semestre com alta de 2,9%

No primeiro semestre de 2018, o movimento de vendas do varejo da capital paulista cresceu em média 2,9% frente ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

“Apesar de todos os percalços que enfrentamos no período, como baixa confiança de consumidores e empresários, atraso nas reformas, paralisação dos caminhoneiros e indefinição eleitoral, conseguimos fechar o semestre no azul”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Nos primeiros seis meses de 2017, o balanço registrou recuo médio de 2,7% em relação a igual período do ano anterior.

O sistema a prazo avançou 7,2% no primeiro semestre de 2018 na comparação anual, puxado pelos juros menores e prazos maiores. Esses fatores, somados à Copa do Mundo, ajudaram o desempenho das vendas de TVs. Por sua vez, as vendas à vista caíram 1,4% na mesma base de comparação.

Para os próximos dias, Burti espera “que o avanço da seleção brasileira na Copa estimule as vendas de camisetas, artigos esportivos e acessórios, e também ajude a lotar supermercados e bares”.

JUNHO 

O Balanço de Vendas da ACSP apontou aumento médio de 2,2% em junho de 2018 sobre o mesmo mês do ano passado. O comércio paulistano foi beneficiado pelo dia útil a mais.

Em junho, o sistema a prazo saltou 10,1% (comparação anual) em função das vendas de TVs para a Copa e de outros bens duráveis, diante de juros menores e prazos maiores.

Já as vendas à vista recuaram 5,7% na mesma base de comparação, prejudicadas pelas temperaturas acima da média para o período, o que não emplacou a venda de roupas e calçados da moda Outono-Inverno.

MENSAL 

Em relação a maio, as vendas de junho aumentaram em média 4,6% em SP, com um dia útil a mais no calendário. A Copa do Mundo puxou a alta de 9,1% no sistema a prazo e as vendas à vista ficaram praticamente estáveis (0,1%) diante de poucas frentes frias.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP, com amostra fornecida pela Boa Vista SCPC.

 

 

 

 

 

 

FOTO:  Thinkstock

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
--
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas