Incertezas eleitorais derrubaram as vendas na capital paulista

Em outubro, o resultado apurado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) mostrou queda de 0,4% em relação a igual mês do ao passado

Redação DC
01/Nov/2018
  • btn-whatsapp
Incertezas eleitorais derrubaram as vendas na capital paulista

O movimento de vendas do varejo paulistano caiu em média 0,4% em outubro sobre o mesmo período de 2017, de acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

“As comercializações do período foram fracas devido à incerteza das eleições, que fez com que os consumidores adiassem decisões de compra. O aumento das tarifas públicas – energia elétrica e gasolina – também foi outro fator que diminuiu o poder aquisitivo das famílias”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comercias do Estado de São Paulo (Facesp). 

As vendas à vista recuaram 3,8% em outubro, também prejudicadas pelo clima relativamente frio, que não estimulou a moda Primavera-Verão. Por outro lado, as transações a prazo tiveram alta de 4,6% no período beneficiadas pela queda dos juros e pelo alongamento dos prazos.

VARIAÇÃO MENSAL

Em relação a setembro, as vendas de outubro aumentaram em média 13,5%. Apesar de setembro não apresentar datas comemorativas importantes para o comércio, o mês teve dois dias úteis a mais. Porém, outubro mostrou-se mais forte, puxado pelo Dia das Crianças, que tem intenso movimento de compras.

De um modo geral, o movimento das vendas do comércio em outubro não deve servir como parâmetro para avaliar as vendas do fim do ano.

“O mês apresentou fatores circunstâncias – eleições e aumento de preço dos serviços públicos - que não são medidores para a projeção de vendas do fim de ano. Há outro ponto positivo para o futuro: tradicionalmente a confiança do consumidor sobe após as eleições”, afirma Burti.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal/ACSP com base em amostra fornecida pela Boa Vista Serviços.

 

IMAGEM: Thinkstock

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas