Novo gestor da Distrital Mooca da ACSP quer capacitar empresários

Além de ampliar a representatividade na região, atual diretor superintendente Juraci José Pereira sinaliza que uma das principais frentes de ação será qualificar MPEs locais afetadas pela pandemia

Karina Lignelli
27/Abr/2021
  • btn-whatsapp
Novo gestor da Distrital Mooca da ACSP quer capacitar empresários

Em 2019, na primeira gestão do presidente Alfredo Cotait Neto, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) iniciou o processo de revitalização e modernização de suas 15 sedes distritais espalhadas na capital paulista. 

Posicionadas como ponto de informação e serviços ao alcance dos empreendedores de cada bairro, quatro serão geridas por novos diretores-superintendentes neste segundo mandato, iniciado em março último. 

Uma delas é a Distrital Mooca, que terá à frente o contabilista Juraci José Pereira, 59. Há 31 anos no comando do escritório Juscon, o novo gestor já era participante ativo em associações empresariais, como o Rotary. 

LEIA MAIS:  Pequenos negócios buscam o associativismo para enfrentar a crise

Integrante do quadro diretivo das duas últimas gestões da distrital, comandadas por seu antecessor, Luiz Carlos Castan - agora na diretoria consultiva -, Pereira diz iniciar os trabalhos priorizando alguns pontos. 

Primeiro, explica, seguindo as diretrizes do tripé proposto pelo presidente Cotait, que inclui agregar novos serviços, ampliar a representatividade do comércio da região junto ao poder público - em especial nas questões de segurança -, e direcionar atenção especial à área da cultura e ao empreendedorismo feminino. 

A atenção às empresárias, segundo Pereira, se encaixa em um dos principais focos de sua gestão: a capacitação, prestigiando principalmente o pequeno varejo e os serviços, muito afetados pela pandemia. 

"Essas mulheres são muito importantes na manutenção da renda familiar. Vamos convidá-las para ter acesso a informações relevantes, além de capacitá-las para vender pela internet e ter mais opções de negócio", afirma. 

A ampliação do campo de ação da Distrital Mooca além de sua área de abrangência, que vai do Alto da Mooca até a Água Rasa, do Belém ao Brás, da Vila Prudente à Vila Alpina, também está entre as prioridades 

Além de levar aos empreendedores locais serviços como Balcão do Empreendedor, certificação digital, postos da Jucesp e da cooperativa de crédito Sicredi, uma das novidades previstas para 2021 é a inauguração de uma câmara de arbitragem. "A expectativa é oferecer esse serviço ainda no 1° semestre", diz Pereira. 

O trabalho de aumento da representatividade da Distrital junto aos empresários da região também deve ampliar sua voz junto aos governos estadual e municipal, acredita.

Para reforçar o associativismo, a distrital pretende se aproximar mais dos lojistas e prestadores de serviços, e atraí-los para participarem mais ativamente de ações sociais - como as campanhas anuais do agasalho e de brinquedos da ACSP, ou de arrecadação de alimentos em parceria com o Mooca Plaza Shopping.

Mas, principalmente, das que estão relacionadas aos Consegs (Conselhos Comunitários de Segurança Pública), para poder captar mais informações e ter mais embasamento ao levar suas reivindicações ao poder público.

A segurança, assim como outros fatores importantes que fazem o comércio perder faturamento, 'como uma ciclovia passando em sua porta', segundo Pereira, são alguns dos pontos que exigem essa unidade. Ou as discussões sobre o Plano Diretor da cidade, realizadas na região nos próximos dias 27 e 29 de abril. 

Além do apoio para os empresários lidarem com essas questões, o diretor superintendente volta a bater na tecla de que o empreendedor precisa de orientação geral para gerenciar seu negócio. Em especial as relativas ao fluxo de caixa, ou de outros processos financeiros impactados em momentos difíceis, como a pandemia. 

Daí o foco em treinamentos e orientações para tornar os comerciantes 'mais empreendedores' - apesar dos desafios do distanciamento social e do 'cansaço' de participar de reuniões e treinamentos on-line, diz Pereira. 

Em sua avaliação, se a maioria dos empresários estivesse 100% no quesito "capacitação", atravessaria melhor esse momento. "Mas eles têm de estar preparados, e vamos trabalhar para isso", sinaliza.  

A seguir, confira todos os diretores das distritais da ACSP na gestão Alfredo Cotait Neto para o biênio 2021-2023. Além de Pereira, os novos nomes que passam a compor o quadro de superintendentes são: Teruko Lucia Hamaguchi Maximiano (Distrital Pinheiros), Roberto Pires (Penha) e Rui Manoel Freitas (Norte).


*DISTRITAL CENTRO -
Alexandre Luiz Ortiz

*DISTRITAL CENTRO-SUL - Jefferson José da Silva

*DISTRITAL IPIRANGA - Antônio João Santo

*DISTRITAL MOOCA - Juraci José Pereira 

*DISTRITAL NORDESTE - William Oliva da Silva


*DISTRITAL NOROESTE - Leonardo dos Santos Ramos


*DISTRITAL NORTE -
Rui Manoel Freitas 


*DISTRITAL OESTE - Mário Pietro Martinelli

*DISTRITAL PENHA - Roberto Pires

*DISTRITAL PINHEIROS - Teruko Lucia Hamaguchi Maximiano


*DISTRITAL SÃO MIGUEL - Fernando José Velucci

*DISTRITAL SUDESTE - Paulo Simões de Medeiros Júnior

*DISTRITAL SUDOESTE - Ricardo Aparecido Granja dos Santos


*DISTRITAL SUL - Antônio Benedito Leite da Silva Souza


*DISTRITAL TATUAPÉ - Edson Roberto Grandesso


FOTOS: Divulgação                 

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Abr
Mai
Jun
IGP-M
1,1466
1,1072
1,1070
IGP-DI
1,1353
1,1056
--
IPCA
1,1213
1,1173
--
IPC-Fipe
1,1226
1,1227
--

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
1,5%
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas