Negócios

A nova cara da Distrital Mooca


Balcão do Empreendedor e espaço de soluções financeiras da Sicredi são as novidades da primeira das 15 distritais a ser modernizada. O presidente da ACSP, Alfredo Cotait Neto (ao centro), comandou a cerimônia de lançamento


  Por Karina Lignelli 23 de Outubro de 2019 às 07:00

  | Repórter lignelli@dcomercio.com.br


Primeira a ter o leiaute repaginado dentro do processo de transformação das 15 sedes distritais da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), a Distrital Mooca lançou, na última segunda-feira (21/10), duas novidades para facilitar a vida do empreendedor local: o Balcão do Empreendedor e o Espaço Sicredi.

No primeiro, os associados podem resolver, num mesmo lugar, questões do dia a dia dos negócios, como abertura e fechamento de empresas, emissão de certificado digital e de origem, além de mediação e arbitragem de conflitos, entre outros.

LEIA MAIS: 5 maneiras para facilitar o acesso ao crédito

Já o segundo marca o lançamento deste que é o sexto posto de atendimento de produtos e serviços financeiros da cooperativa de crédito nas distritais da ACSP, com condições especiais para associados como taxas a partir de 0,99%.

“Nosso papel é fomentar os negócios, ajudar as empresas, e o importante é que a ACSP, as distritais, e agora, a Sicredi, sejam as catalisadoras desse processo”, afirmou Alfredo Cotait Neto, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais de São Paulo (Facesp), que comandou a cerimônia e cortou a fita que simbólica de inauguração do novo espaço. 

Luiz Carlos Castan, diretor-superintendente da Distrital Mooca, em seu discurso de boas-vindas, disse que, além da repaginação, “que deixou a sede com uma cara aconchegante e charmosa”, de agora em diante “passará a oferecer produtos e serviços indispensáveis para o empreendedor.”

LEIA MAIS:ACSP e Sicredi oferecem crédito mais barato para empresas

Presidente da Sicredi, Jaime Basso afirmou que aquela era “uma noite importante para o associativismo e o cooperativismo”, pois mostrava que a ACSP está investindo nas distritais para oferecer o melhor aos seus associados. 

 
 
CERIMÔNIA DE INAUGURAÇÃO SINALIZA NOVA FASE DA ACSP

“Não tenho dúvida que, através dessa revitalização, poderemos fazer um ambiente melhor para os negócios do empreendedor local, que vai encontrar tudo o que precisa nessa estrutura que temos em conjunto com a ACSP.”

Chamada por Castan de “marco zero da padronização das distritais”, a cerimônia também marcou uma nova fase da ACSP, segundo Roberto Mateus Ordine, 1º vice-presidente da ACSP e coordenador geral das sedes distritais.

“Estamos vivendo uma nova verdade nesse mundo digital. Por isso, apesar dos nossos 125 anos, temos que nos reinventar para reassumir nosso papel de protagonismo”, disse Ordine, um “cidadão mooquense”, conforme se auto-denominou, por ter nascido e crescido no tradicional bairro de imigrantes italianos.

Lembrando do desafio de, junto com a ACSP e as demais distritais, aumentar a base de associados, Cotait destacou a missão importante de convidar empresários, principalmente os do varejo, não só para apresentar produtos e serviços, mas mostrar que eles têm possibilidade de conseguir crédito.

“Todos estamos empenhados em colocar em prática o plano de atividades para atrair associados, além de ter uma participação atuante dentro do novo projeto, que prevê buscar independência financeira para andar com nossas próprias pernas”, reforçou o diretor-superintendente Castan.  

“Com a reformulação, todo esse aparato nos ajudará a não entrar mais só no centro de custo, mas no de gerar receitas - e é  para isso temos uma nova distrital a partir de hoje”, completou Amir Massis, coordenador adjunto das distritais.

MAIS CRÉDITO

Em maio, a ACSP e a Sicredi assinaram a parceria que garante crédito em condições especiais para associados que precisam de financiamento para iniciar ou expandir seus negócios. A parceria, que prevê a reformulação das distritais para receber os postos da Sicredi, já está nas unidades Penha, Centro, Liberdade, Ipiranga, Sudeste-Vila Mariana e Pinheiros. 

DETALHE DAS NOVAS INSTALAÇÕES: REPAGINADA

Agora na Mooca, a distrital, como dito anteriormente, é a primeira com design revitalizado para acomodar a estrutura financeira da cooperativa. 

O lojista, o contador ou qualquer empreendedor daqui vai saber que aqui encontrará bons descontos, seja em taxas de juros, nos recebíveis, em duplicatas e até capital de giro", garantiu o presidente da ACSP, Alfredo Cotait Neto.  

Jaime Basso, presidente da Sicredi, afirma que esses produtos financeiros com preços diferenciados têm contribuído muito para o desenvolvimento dos associados da ACSP. "Ela está numa movimento de expansão de sua base, então além dos preços competitivos, há espaço para que eles recebam orientação sobre sua condição financeira, além de produtos, investimentos e melhores linhas de crédito. Enfim, toda essa assessoria financeira que falta para muitos empresários."

Para um futuro próximo, Basso diz que há planos de evoluir disponibilizando treinamentos e capacitação, também em conjunto com a ACSP, para que esses mesmos empresários possam ter uma melhor gestão do seu empreendimento, inclusive financeira melhor, para que claro, possam sobreviver em qualquer cenário. 

"A gente observa que muitos empreendedores iniciam suas atividades mas, por falta de conhecimento na gestão, acabam tendo dificuldades", diz "Mas, em parceria, podemos trabalhar bastante nesse sentido, oferecendo do capital de giro ao cartão de crédito e até uma linha para o 13º salário, que vamos desenvolver em breve numa condição mais competitiva para eles."

Hoje, segundo o presidente da Sicredi, há 1.750 agências da cooperativa no Brasil, sendo 250 no Estado de São Paulo e 7 no ABC. "Na ACSP, temos seis unidades, sendo uma delas na sede. Abriremos duas em novembro, duas em dezembro, e as outras cinco até a metade do primeiro semestre de 2020 (para fechar as 15), inauguradas em janeiro feverreiro e março", sinaliza.  

(ESQ.P/DIR.) COTAIT, FRANCISCO ANTÔNIO PARISI,
CONSELHEIRO NATO DA DISTRITAL MOOCA, CASTAN E
BASSO: MAIS COMPETITIVIDADE AO EMPREENDEDOR

NA ATIVIDADE  

No evento da Distrital Mooca, o presidente Cotait também reforçou, assim como vem fazendo nas outras distritais, o papel das associações comerciais na nova economia liberal, assim como a retomada do papel do protagonismo da ACSP em assuntos sensíveis para os empreendedores.

Ele mencionou o Conselho de Varejo, da ACSP, que voltou a congregar com grandes redes, como Magazine Luiza, Riachuelo e Casas Bahia, e a nova área de Comércio Exterior da entidade, que foi reformada e recém-reformulada para receber missões, delegações estrangeiras e comissões de comércio.

“São ações importantes que estamos retomando, sempre com foco no associativismo e no cooperativismo”, afirma.
Cotait lembrou ainda da atuação ativa junto ao Congresso em questões como o Cadastro Positivo, a Empresa Simples de Crédito, e também nas sugestões que ajudaram a melhorar a MP da Liberdade Econômica, além da mobilização pela Reforma da Previdência, aprovada em segundo turno na noite da última terça (22/10).

“Voltamos ao protagonismo, atuando para que fosse mudado o modelo de dependência do governo pelo da economia liberal e da livre iniciativa”, afirma.

A batalha agora, segundo Cotait, é para que não seja aprovada a PEC 45, que onera excessivamente os empresários do ramo de serviços, além do ponto vital, que é a desoneração da folha de pagamento. “Acredito em melhorias daqui para frente dentro desse modelo de economia liberal, porque acima de tudo, acredito no Brasil”, concluiu, apoiado pelos presentes.

Confira outras imagens do evento da Distrital Mooca aqui.

FOTOS: Divulgação Sicredi