Crédito para micro e pequenas empresas é tema de debate na ACSP

Evento acontece nesta sexta-feira (1/09), na sede da Associação Comercial de São Paulo, com a presença de Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae, e representantes do BNDES, DesenvolveSP e Ministério da Fazenda

Redação DC
31/Ago/2017
  • btn-whatsapp

Ministério da Fazenda, Receita Federal, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Central de Registro de Direitos Creditórios (CRDC) e Desenvolve SP estarão juntos nesta sexta-feira (1/9), na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), para tratar de um nó difícil de desatar na economia brasileira: o crédito para micro e pequenas empresas (MPEs).    

A partir das 9 horas, no edifício-sede da ACSP no centro da capital paulista, o seminário “Crédito para micro e pequenas empresas” possibilitará um debate sobre a necessidade de financiamento para as MPEs.

80% delas não têm acesso a crédito, apesar de representarem 98,5% do total de empreendedores no Brasil, 27% do Produto Interno Bruto (PIB) e gerarem mais da metade dos empregos no País, segundo o Sebrae.

O evento terá palestras de João Manoel Pinho de Mello (secretário de Reformas Microeconômicas do Ministério da Fazenda), de Iágaro Jung Martins (auditor fiscal e subsecretário de fiscalização da Receita Federal), de Guilherme Castanho Franco Montoro (chefe do Departamento Regional Sul do BNDES), de Guilherme Afif Domingos (presidente do Sebrae), de Fernando Kalleder (diretor-presidente da CRDC), de Marcel Solimeo (economista da ACSP) e de Milton Luiz de Melo Santos (diretor-presidente da Desenvolve SP). A abertura será de Alencar Burti, presidente da ACSP e da Facesp.  

O evento é realizado pela ACSP e pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) com apoio do Sebrae e da CRDC. Programação completa: Site ACSP

CRDC

Para melhorar o ambiente creditício nacional por meio da qualificação de direitos creditórios (recebíveis) das empresas, a ACSP criou, em abril de 2016, a Central de Registro de Direitos Creditórios (CRDC).

Trata-se de uma plataforma tecnológica que garante a origem e a unicidade de recebíveis, objetivando a redução da assimetria de informação entre empresas e agentes financeiros e, assim, contribuindo para o aumento da oferta de recursos para as empresas.

Serviço
Seminário “Crédito para micro e pequenas empresas”
Dia: 1/9/2017 (sexta-feira)
Horário: das 8h30 às 12h30
Local: R. Boa Vista, 51, 9º andar – Centro – São Paulo/SP

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Abr
Mai
Jun
IGP-M
1,1466
1,1072
1,1070
IGP-DI
1,1353
1,1056
--
IPCA
1,1213
1,1173
--
IPC-Fipe
1,1226
1,1227
--

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
-2,1%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
1,5%
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas