[VÍDEO] As campanhas publicitárias que deram o que falar em 2017

Conteúdo, transparência e a já conhecida alta dose de emoção. Foram esses os ingredientes usados por grandes marcas na criação de comerciais de sucesso ao longo do ano

Italo Rufino
03/Jan/2018
  • btn-whatsapp
[VÍDEO] As campanhas publicitárias que deram o que falar em 2017

Cativar a mente e o coração do consumidor, esse é o desejo de todas as marcas. E é para ter êxito nessa missão que existe a propaganda. Nos últimos anos, cada vez mais, temos observado o declínio de peças publicitárias que tentam empurrar os produtos e serviços da marca a todo custo para o consumidor.

Bloqueadores de anúncios, atenção dispersa na internet e um oceano de informações compartilhadas nas redes sociais fazem com que as marcas desenvolvam ações pautadas em conteúdo relevante, transparência e, não tão novidade assim, uma boa dose de emoção. É o jeito de tentar fisgar o consumidor antes que ele esbraveje contra um anúncio.

Para buscar inspiração e rever conceitos sobre como fazer uma boa comunicação, relembre alguns vídeos publicitários que foram bastante visualizados e comentados ao longo de 2017.

VEJA TAMBÉM: "As marcas precisam saber a sua essência para se comunicar bem"

MEA CULPA

Por mais de uma década, a Skol -assim como outras marcas de cerveja - se valeu de campanhas baseadas na objetificação do corpo feminino, além de outras peças com teor machista. No entanto, nos últimos dois anos, a marca passou por um reposicionamento em busca de uma identidade em sintonia com os novos tempos.

Neste ano, durante a comemoração do dia Internacional da Mulher, a Skol convidou seis ilustradoras para recriarem pôsteres antigos da marca. A ideia, além de uma declarada autocrítica, foi transmitir uma imagem de libertação e poder feminino.

SONHOS DA INFÂNCIA

Para divulgar a sétima edição do “Leia para uma Criança”, projeto de distribuição gratuita de livros infantis, o Itaú desenvolveu uma produção grandiosa.

Ao longo de dois minutos, o filme exibe a história de uma criança que se apaixona pelo espaço após ganhar um livro sobre as estrelas. Anos mais tarde, ela se torna a primeira brasileira a viajar pelo cosmos. A peça aborda o quanto ouvir histórias na infância pode ter um grande impacto no futuro da criança.

Com uma versão de Starman, do David Bowie, como trilha sonora, o vídeo teve como cenário o observatório astronômico La Silla, um dos maiores do mundo, localizado a 2.400 metros de altitude no deserto do Atacama, no Chile.

DIVERSIDADE NA VIDA

Com o slogan “Todo bebê é um bebê Johnson’s”, a centenária Johnson & Johnson criou um filme emocionante para falar sobre diversidade. O vídeo, veiculado no Dia das Mães exibe, inicialmente, mãos, pés, olhos e o tronco de um bebê, que se movimenta delicadamente –o que representa as descobertas da vida.

A supresa positiva é a revelação de que a criança é portadora de Síndrome de Down. Em apenas dez dias após o lançamento, o vídeo atingiu 20 milhões de visualizações nas redes sociais da marca, sendo 12,9 milhões no YouTube, 6 milhões no Facebook e 8,4 mil no Instagram.

MOTORISTAS RESPONSÁVEIS

A Heineken é reconhecida entre consumidores pelos filmes publicitários criativos. Seguindo a fórmula de “beba com responsabilidade”, a marca reuniu num bar jovens motoristas, que não sabiam que participavam de uma ação.

Aqueles que se recusaram a beber cerveja foram convidados para dar uma volta no Autódromo de Interlagos com Jackie Stewart, tricampeão de Fórmula 1, a bordo de um Jaguar personalizado.

A ação estava atrelada ao Grande Prêmio do Brasil, evento em que a Heineken ganhou os direitos de nome. Oficialmente, a prova foi batizada de Fórmula 1 Grande Prêmio Heineken do Brasil 2017.

O PASSADO E O PRESENTE

Estrelas dos comerciais da Brastemp nos anos de 1990, os experientes atores Wandi Doratiotto e Arthur Kohl voltaram a repetir o famoso slogan “Não é assim uma Brastemp”. Mas, dessa vez, eles dividiram espaço com atrizes que se tornaram conhecidas por inspirar memes nas redes sociais.

O filme traz Carolina Ferraz (“eu sou rica”), Suzana Viera (“não tenho paciência para quem tá começando”), Glória Pires (“comentários no Oscar 2016”) e Bela Gil (“churrasco de melancia”). E é essa relação entre o presente e o passado (a televisão e a internet) que é explorada pela marca.

TECNOLOGIA PARA EVITAR O CHORO

A clínica Hermes Pardini conseguiu se sobressair ao dar a tecnologia de realidade virtual (VR) uma aplicação prática, num serviço pouco convencional.

A inovação do centro de diagnóstico foi oferecer às crianças óculos de realidade virtual, que exibem um vídeo animado em 360°.

Enquanto os pequenos ficam entretidos com a animação, a enfermeira aplica a vacina – a leve picada da agulha é mostrada no filme como um personagem que coloca o "poder especial" no braço das crianças. No final, o que era para ser uma sessão de medo, se torna um momento divertido.

IMAGEM: Divulgação

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Fev
Mar
Abr
IGP-M
1,1612
1,1477
1,1466
IGP-DI
1,1535
1,1557
1,1353
IPCA
1,1054
1,1130
1,1213
IPC-Fipe
1,1033
1,1096
1,1226