Tempo médio para abrir empresa cai para 1 dia e 2 horas

O prazo é o menor já registrado, segundo dados do ministério da Economia

Redação DC
17/Ago/2022
  • btn-whatsapp

O tempo médio para abrir empresa no país foi de um dia e duas horas no mês de julho, segundo dados do ministério da Economia. Esse é o menor tempo registrado até agora.

Segundo Layla Caldas, analista de Políticas Públicas do Sebrae Nacional, a redução desse tempo é resultado da digitalização de serviços públicos e da publicação da Lei da Liberdade Econômica (Lei nº 13.874/19), que diminuiu burocracias para o empreendedor.

A queda no prazo para abertura de empresa é importante porque esse é um dos parâmetros para se avaliar o ambiente de negócios de um país. Em 2020, ano em que foi publicado o último relatório Doing Business, elaborado pelo Banco Mundial, o Brasil aparecia na 124ª posição entre 190 países. Esse relatório avalia justamente o ambiente de negócios.

Análise do Sebrae feita em 2021 apontou que é mais fácil fazer negócios em São Paulo, Minas Gerais e Roraima. Para chegar a essa conclusão, foram avaliadas a abertura de empresas, obtenção de alvará de construção, registro de propriedades, pagamento de impostos e execução de contratos.

 

IMAGEM: Pixabay

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas