São Paulo lança sistema que promete agilizar abertura de empresa

Chamada Balcão Único, a novidade unifica vários procedimentos, como viabilidade do negócio e inscrição municipal, em um só

Redação DC
15/Jan/2021
  • btn-whatsapp
São Paulo lança sistema que promete agilizar abertura de empresa

*Por Renato Carbonari Ibelli e Karina Lignelli

A partir desta sexta-feira, 15/01, o governo paulista promete descomplicar o processo de abertura de algumas empresas. Entrou em operação o sistema Balcão Único, que unifica cinco procedimentos em um só. 

O projeto, criado em parceria pela Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), o governo federal e o governo do Estado de São Paulo, segundo Walter Ihoshi, presidente da Junta paulista, é um grande passo para diminuir a burocracia, simplificando boa parte das etapas do processo.   

"Com apenas alguns cliques, informando dados pessoais dos sócios e a natureza jurídica da empresa, o empresário ou empreendedor terá o seu contrato social pronto", afirma. 

As etapas de viabilidade, Documento Básico de Entrada (DBE), o registro na Junta Comercial, inscrição municipal e licenciamento serão resumidas em um único procedimento, feitos automaticamente a partir do momento em que o pedido de abertura da empresa é solicitado.  

Inicialmente, essa é uma possibilidade limitada a empresas constituídas dentro do município de São Paulo. O Balcão Único pode ser usado para a abertura de Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli), LTDA e Empresa Individual (EI). O processo é todo on-line, realizado em minutos e gratuito para atividades de baixo risco.   

Ihoshi explica que, mesmo abrangendo só esses três tipos de empresa, o alcance do Balcão Único é tão eficiente quanto o do atual sistema. "A diferença é que ele é mais simples - o que melhora a experiência do usuário."

A gestão Doria diz que a medida permitirá à cidade de São Paulo subir entre 40 a 60 posições no critério “tempo para abrir empresas” do ranking Doing Business, que mede o ambiente para se fazer negócios em diversos países. No ranking geral, o Brasil atualmente ocupa a 124ª posição.  

"O futuro da Jucesp é ser 100% digital, e essa é nossa missão", sinaliza Ihoshi, que diz que o mesmo projeto está sendo desenhado para a Junta Comercial do Rio de Janeiro (Jucerja).  

IMAGEM: Reprodução 

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas