Quem antecipou a compra de Natal na Black Friday

O consumidor ficou de olho nas promoções do varejo online para o período de promoções e programou suas aquisições, segundo a Ebit|Nielsen

Redação DC
16/Dez/2019
  • btn-whatsapp
Quem antecipou a compra de Natal na Black Friday

A melhor data do comércio nacional sempre foi o Natal, mas de uns anos para cá, com o advento da Black Friday, isso vem mudando e os consumidores, ano a ano, aderem ao período de liquidações, principalmente no e-commerce.

Uma pesquisa realizada pela Ebit|Nielsen depois do evento promocional, traz dados que evidenciam uma tendência de mudança no comportamento do brasileiro, que agora pesquisa mais e aguarda a Black Friday para fazer suas compras, inclusive as de Natal. Segundo os números, 46% dos entrevistados declararam ter se planejado para fazer as compras no período de ofertas, 11% destes consumidores tiveram a compra de presentes de Natal como principal razão para desembolso.

“Neste ano, vimos que o consumidor ficou de olho nas promoções do varejo online para o período da Black Friday. Ele se programou para as aquisições no evento e, até mesmo, no esquenta, quando tivemos um crescimento 49% em relação ao mesmo período de 2018. Além disso, observamos que muitos também compraram por impulso motivados pelos descontos”, explicou a líder de Ebit|Nielsen, Ana Szasz.

Mas o consumidor não se mostrou apenas animado para as compras durante a Black Friday, ele deve seguir neste movimento e manter o bom desempenho do varejo online. Dados da pesquisa de intenção de compra de Natal da Ebit|Nielsen, realizada depois da Black Friday, indicam que 60% dos consumidores online devem ir às compras também nas festas de fim de ano. Desse percentual, 47% declaram que elas deverão ser feitas no e-commerce uma semana antes do Natal.

“O consumidor brasileiro começa a enxergar o varejo como uma única solução, seja online ou offline. Apesar do grande incremento das compras via internet, 31% dos clientes de e-commerce que responderam a pesquisa da Ebit|Nielsen disseram ter comprado também em lojas de rua e de shoppings”, disse Szasz.

A especialista da Ebit|Nielsen destaca ainda que 66% dos consumidores disseram ter gostado dos descontos no período de Black Friday no varejo online, 28% acharam regulares e somente 6% disse serem ruins.

LOJAS INTERNACIONAIS

Entusiasmados com as promoções e facilidades nas entregas durante a Black Friday, 26% dos consumidores online do Brasil decidiram ir às compras em sites internacionais. De acordo com o levantamento da Ebit|Nielsen, os clientes escolheram uma ou mais lojas para suas aquisições no período. O gasto médio nesses sites foi de 90 dólares.

FRETE GRÁTIS

Além de promoções e descontos como foco principal dos consumidores durante a Black Friday, outro fator importante para a tomada de decisão da compra foi o frete grátis. Para 25% dos participantes da pesquisa, a gratuidade da entrega foi decisiva. Ainda segundo o levantamento da Ebit|Nielsen, 22% dos consumidores optaram por retirar suas compras feitas online em lojas físicas ou pontos de coleta.

PERFORMANCE

Realizada entre os dias 28 e 29 de novembro deste ano, o evento alcançou o faturamento recorde de R$ 3,2 bilhões em 2019, uma variação de 23,6% frente a 2018. O total do faturamento do varejo online, entre os dias 28.11 e 02.12, contemplando Black Friday e também a Cyber Monday, chegou a R$ 4,77 bilhões, uma expansão de 22% sobre o mesmo período do ano anterior.

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas