Novos hábitos aumentam intenção de compra on-line do Dia dos Pais

Levantamento da Boa Vista aponta crescimento de 142% em 2020 ante igual período de 2019, e 80% pretendem gastar o mesmo valor do ano passado. O ticket médio será em torno de R$ 173

Redação DC
04/Ago/2020
  • btn-whatsapp

As vendas de presentes para o Dia dos Pais este ano devem ser marcadas por compras pela internet, por conta das mudanças de hábito de compra provocadas pela pandemia para 58% dos consumidores.

Pesquisa realizada pela Boa Vista para identificar o comportamento e as perspectivas de compra dos consumidores brasileiros na data, que é comemorada no próximo domingo (09/08), mostra que a intenção de adquirir algum item subiu 142%, na comparação com o mesmo período de 2019.

Por conta disso, 80% pretendem gastar o mesmo valor, se comparado com igual período do ano passado, ou menos. "Os consultados indicam que a conjuntura econômica preocupa e inibe investimento alto no presente", diz a nota.

O ticket médio geral será em torno de R$ 173, o que significa 5% menor quando comparado ao de 2019. A despeito disso, 96% consideram importante presentear nesta data. De acordo com o levantamento, serão presenteados pais (46%), maridos (29%) e sogros (7%), com itens de setores já tradicionalmente comercializados: vestuários e calçados (45%), acessórios (17%) e perfumes/cosméticos (16%).

RETOMADA DAS ATIVIDADES

Grande parte dos entrevistados aponta predileção pelo pagamento à vista (61%), com a utilização do cartão de débito por 41% dos consultados. Entre os que preferem parcelar (39%), 91% utilizarão cartão de crédito, e os demais encontram alternativas no cartão de débito programado (2%), carnê/boleto (7%) e cheque (1%).

A Boa Vista também perguntou aos entrevistados sobre a retomada gradual do comércio e serviços. Para 60%, essa ideia recebeu apoio, com 29% afirmando que voltaram a ter uma rotina de compras fora de casa, priorizando idas a supermercado (64%), restaurantes e padarias (29%).

Roupas e calçados representam 21% desse universo. Neste sentido, a pesquisa reforça o observado desde o início da quarentena, que foi a busca por compras online, devido ao fechamento do comércio como forma de atenuar a disseminação da covid-19 na população.

Na mesma direção, a pesquisa observa mais empresas buscando o Cadastro Positivo para aperfeiçoar as análises de crédito. Este movimento "contribui com o mercado de crédito como um todo, neste momento delicado da economia", afirma Flávio Calife, economista da Boa Vista.

FOTO: Pixabay

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas