Já sabe o que fazer na Black Friday?

Só no e-commerce brasileiro, a previsão de faturamento é acima de R$ 3 bilhões, segundo levantamento da ABComm e Ebit/Nielsen. Veja as dicas de Priscila Erthal, co-fundadora da Organica para a data

Redação DC
18/Nov/2019
  • btn-whatsapp
Já sabe o que fazer na Black Friday?

As principais lojas e sites de comércio eletrônico já começam a anunciar o período de Black Friday, data de descontos importada dos Estados Unidos, e que países como Reino Unido, Austrália, México, Romênia, Costa Rica, Alemanha, Áustria, Suíça e Brasil adotaram.

Só no e-commerce brasileiro, a previsão de faturamento é acima de R$ 3 bilhões, segundo levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e pela consultoria Ebit/Nielsen.

Uma pesquisa realizada pela Social Miner (2019), diz que 78,9% dos consumidores devem aproveitar as ofertas do período para garantir seus produtos.

Priscila Erthal, co-fundadora da Organica, aceleradora de negócios, e eleita a melhor profissional de vendas do país em 2014, separou algumas dicas para as empresas se prepararem para o evento. Confira:

Não subestime a data

Organize-se porque a data vem com tudo. Você não precisa participar pintando todo seu site, investindo muito em mídia ou sendo agressivo. Faça algo simples e dentro das suas possibilidades que já será válido. Afinal, todo mundo está participando. Crie hoje mesmo uma landing page com um contador para você possa captar sua base e melhorar seu ranqueamento no SEO. O landing ajudará a lembrar seus visitantes de quantos dias faltam para o Black Friday e ainda faz um cadastro de pessoas interessadas em receber as promoções da data.

Pense na estratégia de divulgação

Já que seu cliente está com você o ano inteiro, pense em como usar essa base para dar um benefício exclusivo para ele. Você pode, por exemplo, abrir a promoção antes para ele em um link separado. Agora, se você é uma empresa nova que está começando na Black Friday, irá precisar atrair a atenção de novos consumidores.

O cliente precisa ter a percepção que o desconto vale a pena na sua loja. Seja transparente, real e verdadeiro com ele. Cada mercado é um cenário. Se você está entrando agora, uma dica é ver as ações do seu segmento nos anos anteriores.

Não faça Black Fraude

Tenha consciência da data. Se você colocar uma promoção que não é verdadeira estará destruindo sua marca. Principalmente no início da Black Friday, alguns varejistas acabaram agindo de má fé com os consumidores e ofereciam os produtos “pela metade do dobro”. É preciso ser transparente, o cliente não tolera ser passado para trás. Na Nova Economia, ele está cada vez mais empoderado e no centro das negociações.

Ofereça uma boa experiência

Uma boa experiência de compra ocorre quando todos os aspectos de sua loja funcionam em conjunto. Por esse motivo, é preciso fazer o exercício de entender o que o seu consumidor está esperando para o período. A Black Friday não é apenas uma oportunidade para realizar muitas vendas com desconto. Aproveite o evento para aumentar sua base de clientes e fidelizá-los. O melhor consumidor sempre será o recorrente, portanto se você ainda não o conhece, trate logo de descobrir quem ele é e o que ele espera.

 

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas