Essa padaria é boa para cachorro

Fundada pelos irmãos Chen, a Padaria Pet, que vende comidas e petiscos para animais de estimação, espera crescer 10% neste ano. Na foto, Rodrigo Chen, Arquelau So, responsável pela expansão das franquias, e Ricardo Chen

Thais Ferreira
12/Jul/2017
  • btn-whatsapp
Essa padaria é boa para cachorro

Os últimos anos não têm sido nada fáceis para os comerciantes. Somente em 2016, o varejo perdeu 108,7 mil pontos de venda, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Com a retomada da economia, a expectativa é que os números estabilizem e voltem a ficar positivos. Em meio a esse cenário que mistura fragilidade e esperança acontece o Dia do Comerciante, a ser comemorado no próximo domingo (16/7). Para marcar a data, o Diário do Comércio inicia com esta reportagem a série “Poder Jovem no Comércio”, que retrata as histórias e anseios de uma nova geração de comerciantes

                                                    *************

Uma padaria com bolos, cervejas, gelatinas, biscoitos, sorvetes, sucos e patês não parece fora do comum. 

Mas os produtos encontrados no número 502 da Oscar Freire, na zona oeste de São Paulo, não são feitos para consumo de pessoas, e sim para cães e gatos.

A ideia de criar comidas e petiscos para animais, que fogem da ração convencional, saiu da cabeça dos  gêmeos Rodrigo e Ricardo Chen, de 36 anos, fundadores da Padaria Pet.

A inspiração veio dos Estados Unidos. Durante uma viagem àquele país, em 2010, eles observaram as primeiras lojas desse tipo. Decidiram, então, trazer a novidade para o Brasil.

DIVERSIFICAR

A Padaria Pet não foi a primeira empreitada dos irmãos Chen.  A influência veio do pai, chinês da cidade de Xangai, que emigrou para o Brasil, e sempre teve sua própria empresa.

O pontapé inicial aconteceu na época da faculdade. Rodrigo e Ricardo são formados em engenharia pela Universidade de São Paulo (USP). Lá, eles fizeram parte da primeira turma do curso de empreendedorismo.

Durante esse período, montaram a primeira empresa: um site de compras coletivas. A ideia era juntar alunos de diversas universidades para conseguir descontos nos livros acadêmicos.

Anos mais tarde, eles se aventuram em empresas de benefícios, segurança e na confecção de brindes.

“Com o agravamento da crise em 2015, a primeira coisa que os empresários começaram a cortar foram os supérfluos, principalmente os brindes”, afirma Rodrigo. “A empresa teve uma perda de faturamento gigantesco”

Em vez de demitir os funcionários, eles decidiram tirar a Padaria Pet do papel e realocá-los no novo negócio.  A primeira loja foi inaugurada no bairro de Pinheiros, zona oeste de São Paulo.

 A decisão de investir no mercado de animais de estimação foi acertada. O Brasil é um dos maiores mercados do mundo neste setor, só perde para Estados Unidos e Reino Unido.

Mesmo com a recessão econômica, os produtos para os bichinhos movimentaram R$ 18 bilhões em 2016, um crescimento de 4,9% em relação ao ano anterior, de acordo com a Associação Nacional de Distribuidores de Produtos Pet (Andipet).

RODRIGO CHEN, SÓCIO E FUNDADOR DA PADARIA PET, JUNTO A PRODUTOS DA LOJA

EXPANSÃO

A primeira loja serviu com um teste para que os irmãos pudessem analisar a aceitação do mercado. “Foi um sucesso e decidimos transformar a Padaria Pet em algo maior”, afirma Rodrigo Chen.

Em 2016, eles começar a planejar a expansão por meio do modelo de franquias. E abriram a loja conceito na Rua Oscar Freire.

O endereço foi escolhido a dedo para dar visibilidade à marca, já que a rua concentra diversas lojas importantes e um bom número de consumidores.

No mesmo ano, Ricardo Chen recebeu o prêmio de "comerciante do ano", atribuído pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e, posteriormente, se tornou um dos conselheiros da distrital de Pinheiros.

Além de vender as guloseimas, o estabelecimento dos irmãos Chen é um grande espaço de convivência para cães, gatos e donos.

A loja possui uma piscina de bolinhas para os animais, cinema e espaço para festas.  Futuramente, serão oferecidas aulas de judô para cães.

Além das franquias, a Padaria Pet também planeja crescer vendendo sua linha de produtos para outros Pet Shops.

“Ter produtos diferentes dos convencionais, como sorvete para cachorros, pode ajudar os comerciantes a se destacarem dos concorrentes locais”, afirma Rodrigo.

Para esse ano, os irmãos esperam crescimento de 10%. A meta para 2018 é ambiciosa: abrir 10 franquias e ter 100 distribuidores dos produtos da marca.

De acordo com Rodrigo Chen, o segredo para ser um empreendedor bem-sucedido é "trabalho duro e profissionalismo".

Não é apenas discurso. Quando cheguei à loja para fazer a entrevista, Rodrigo varria a calçada e Ricardo estava agachado no chão arrumando os produtos de uma prateleira.  Os irmãos Chen não têm medo de pegar no pesado.

FOTOS E VÍDEO: Thaís Ferreira/Diário do Comércio

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas