Celebra Show, feira do setor de festas, vai até quarta no Expo Center Norte

Expectativa dos organizadores é que este ano a feira tenha um movimento financeiro 7% maior que o da edição anterior

Redação DC
28/Mai/2024
  • btn-whatsapp
Celebra Show,  feira do setor de festas, vai até quarta no Expo Center Norte

A Celebra Show, feira de negócios voltada para os segmentos de festas e eventos, acontece até quarta-feira, 29/5, no Expo Center Norte, em São Paulo. Promovida pela Associação Brasileira de Artigos para Casa, Presentes e Festas (ABCasa), a expectativa é que este ano a feira movimente 7% mais que a edição anterior.  

“O público do setor de festas é diferente de outras feiras. O empresário vem com sede de novidade, com vontade de comprar. Creio que vamos terminar com saldo positivo em relação a 2023”, prevê Eduardo Cincinato, CEO da ABCasa. 

De acordo com as projeções do IEMI - Inteligência de Mercado, este ano o segmento de artigos para festas deve crescer 9% em volume de vendas no varejo e 15,1% em produção local. 

Os segmentos de festas e eventos foram muito afetados pela pandemia de covid-19 em 2020 e 2022. Mas desde 2023, eles ganham força. 

No ano passado, a indústria de artigos para festas empregou diretamente mais 82 mil pessoas. Para 2024, estima-se que empregue mais de 88,7 mil, um crescimento de 7,9% na variação anual. 

Em importações, a projeção é de crescimento de mais de 12,2% este ano, com as exportações estáveis. Em 2023, as exportações somaram US$ 18 milhões.

De acordo com a ASBRAFE, parceira da ABCasa, o segmento de lojas especializadas em festas, doces e confeitaria no Brasil registrou um crescimento de 26% no faturamento entre o fim de 2021 e março de 2024. Em 2021, o faturamento dessas lojas especializadas foi de R$ 17,1 bilhões.

O consumo de artigos voltados para o Halloween, por exemplo, cresce cerca de 30% ao ano, segundo as empresas do setor.  

Esse mercado reúne empresas especializadas em Natal, Halloween, Confeitaria, Balões, Eventos Sociais e Parques, e está em constante crescimento. Os profissionais, que antes viam o segmento de festas como um "complemento de renda", hoje buscam se especializar em diversas áreas com o objetivo de ganhar mais espaço e competitividade no mercado.

 

IMAGEM: ABCasa/divulgação

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas