Negócios

Oferta de vagas temporárias deve crescer 5% no final do ano


A estimativa é da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O otimismo é resultado da perspectiva de melhora da economia após as eleições


  Por Redação DC 13 de Novembro de 2018 às 16:31

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


A estimativa de oferta de vagas temporárias pelo comércio brasileiro para este fim de ano é positiva e pode chegar a um aumento de 5% em relação a 2017. Essa é a expectativa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Já a taxa de efetivação desses trabalhadores pode alcançar 15%, o maior patamar dos últimos três anos.

“Essa previsão de crescimento se deve ao maior otimismo do comércio diante das estratégias econômicas delineadas pelo próximo governo”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e também da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Segundo ele, os comerciantes acreditam em uma arrancada da economia em 2019.

O otimismo do varejo, segundo Burti, é puxado pela melhora da confiança do consumidor.

“Pelo que vimos em anos anteriores, quando a confiança cresce e as lojas vendem seus estoques no Natal, o ano seguinte já começa com números bons na indústria, o que estimula a efetivação de trabalhadores temporários”.

LEIA MAIS: 4 dicas para o lojista não errar na Black Friday 

 

IMAGEM: Pixabay