Finanças

Mais um recorde: Bitcoin ultrapassa marca dos US$ 12 mil


O valor de mercado total do bitcoin atingiu US$ 200 bilhões pela primeira vez, nas contas da CoinMarketCap. Nesse valor, a moeda já supera companhias como Oracle e Coca-Cola


  Por Estadão Conteúdo 06 de Dezembro de 2017 às 08:46

  | Agência de notícias do Grupo Estado


A moeda virtual bitcoin, que tem visto ganhos surpreendentes ao longo deste ano, atingiu nova máxima histórica e ultrapassou a marca psicologicamente importante de US$ 12 mil na noite da última terça-feira (05/12), de acordo com a CoinDesk, uma das maiores consultorias do setor de criptomoedas.

No acumulado de 12 meses, o bitcoin apresenta valorização de mais de 1.500%. Somente neste ano, os ganhos estão em mais de 1.100%.

Na manhã desta quarta-feira (06/12), o valor de mercado total do bitcoin atingiu US$ 200 bilhões pela primeira vez, nas contas da CoinMarketCap. Nesse valor, a moeda já supera companhias como Oracle e Coca-Cola.

Embora o preço do bitcoin esteja fortemente volátil, ele subiu em meio a vários comentários de que a valorização da criptomoeda é uma bolha ou uma fraude, como disse o diretor executivo do J.P.Morgan, Jamie Dimon.

No início desta semana, a CBOE Global Markets informou que lançará futuros de bitcoin no próximo domingo. As negociações começarão, sob o símbolo "XBT", às 21h (de Brasília) e serão livres até dezembro.

De acordo com o executivo-chefe da CBOE, Ed Tilly, os futuros serão contratos ajustados em dinheiro, baseados no preço de leilão da Gemini para o bitcoin, denominado em dólares.

"Diante do interesse sem precedentes no bitcoin, é vital que forneçamos aos clientes instrumentos de negociação para ajudá-los a expressar nossas visões e proteger a exposição deles", diz. 

*Com informações da Dow Jones Newswires

FOTO: Thinkstock