Brasil

Restrições ao comércio paulista devem acabar em 17 de agosto


Até essa data haverá uma última etapa das medidas restritivas, com permissão para funcionamento até meia-noite, com 80% da capacidade


  Por Redação DC 28 de Julho de 2021 às 15:07

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O governo do estado de São Paulo vai retirar as restrições ao funcionamento das atividades a partir de 17 de agosto, data em que se espera que toda a população paulista adulta esteja vacinada.

Mesmo liberados para funcionar, os estabelecimentos comerciais e de serviços terão de manter os protocolos sanitários, garantindo distanciamento mínimo de um metro entre os clientes, uso de máscara e disponibilidade de sanitizantes.

Antes da liberação completa, haverá uma nova etapa de flexibilização entre 1 e 16 de agosto. Nesse período, os estabelecimentos poderão operar das 6 horas até a meia-noite, com até 80% de ocupação. Hoje é permitido operar até as 23 horas, com 60% de ocupação.

Parques estaduais também voltam a funcionar normalmente a partir de primeiro de agosto. Dessa data em diante, não haverá mais toque de restrição.

A partir de segunda-feira, dia 2 de agosto, volta a valer o sistema tradicional de rodízio. A restrição à circulação de veículos leves no Centro Expandido passa a vigorar nos horários de pico da manhã (das 7h às 10h) e da tarde (das 17h às 20h), de segunda a sexta-feira.

Não poderão circular nas regiões de rodízio os veículos automotores com os seguintes finais de placas:

- Segundas-feiras: dígitos finais 1 e 2

- Terças-feiras: dígitos finais 3 e 4

- Quartas-feiras: dígitos finais 5 e 6

- Quintas-feiras: dígitos finais 7 e 8

- Sextas-feiras: dígitos finais 9 e 0

 

IMAGEM: Governo do Estado de SP/divulgação






Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade




Publicidade



Publicidade




Publicidade