Vendas do varejo paulistano crescem 14,5% na 1ª quinzena de novembro

Dados da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) mostram ainda uma alta de 0,9% sobre igual período de 2019, portanto, antes da pandemia

Redação DC
18/Nov/2021
  • btn-whatsapp
Vendas do varejo paulistano crescem 14,5% na 1ª quinzena de novembro

A movimentação no varejo paulistano está aquecida neste final de ano. Segundo o Balanço de Vendas elaborado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com dados coletados pela da Boa Vista, houve alta de 14,5% nas vendas durante a primeira quinzena de novembro, na comparação com igual período de 2020.

O indicador mostrou ainda um leve avanço, de 0,9%, sobre os mesmos quinze dias de 2019 – período anterior ao da pandemia - e 3,1% se comparado com outubro deste ano.

Agora, a expectativa é que os dados se mantenham fortes até o final do mês com as promoções oferecidas na Black Friday e vendas no comércio eletrônico.

Marcel Solimeo, economista da ACSP, avalia que o efeito das flexibilizações das restrições às atividades econômicas, como o maior tempo de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, o fim dos limites de ocupação e a maior locomoção dos consumidores para comprar, tem ajudado a manter o ritmo das vendas em elevação.

"Nossa expectativa agora é com as promoções da Black Friday, que prometem manter o setor aquecido. Crescimento real só em 2022. Neste ano, o que se espera é atingir o mesmo patamar de 2019, quando não se tinha pandemia", afirmou.

 

IMAGEM: Leonardo Rodrigue/DC

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Fev
Mar
Abr
IGP-M
1,1612
1,1477
1,1466
IGP-DI
1,1535
1,1557
1,1353
IPCA
1,1054
1,1130
1,1213
IPC-Fipe
1,1033
1,1096
1,1226