Varejo vai perder força ao longo do primeiro trimestre, diz ACSP

O setor perde fôlego desde agosto, num contexto de alta da inflação, encarecimento do crédito e desemprego elevado

Instituto Gastão Vidigal
19/Jan/2022
  • btn-whatsapp

O varejo, em novembro, continuou perdendo fôlego, porém, segundo os economistas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), mantendo a perspectiva de crescimento moderado, puxado pelo efeito positivo do Auxílio Brasil e pela melhora das expectativas das famílias em relação à sua situação financeira futura.

Baseado nesses dados e em informações de operações de crédito e taxa de juros, as projeções do Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da ACSP apontam para um aumento de 2,0% nas vendas do varejo restrito para 2021 e para a continuidade dessa desaceleração durante o primeiro trimestre de 2022.

Em novembro, as vendas do varejo restrito (que não incluem veículos e material de construção) e do ampliado (que consideram todos os segmentos) apresentaram recuos de 4,2% e 2,9%, respectivamente, em relação ao mesmo mês de 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

No acumulado em 12 meses, os volumes comercializados continuaram mostrando aumentos de 1,9% e 5,1%, respectivamente. Contudo, inferiores aos observados na leitura anterior.

Segundo a ACSP, “esses resultados evidenciam a continuidade da perda de fôlego do varejo, ocorrida a partir de agosto, num contexto de menor poder aquisitivo das famílias, corroído pela inflação, encarecimento do crédito e elevado desemprego.”

No contraste anual, somente artigos farmacêuticos, por tratar-se de itens essenciais, e veículos, devido à menor base de comparação do ano passado.

 

IMAGEM: DC

 

 

 

 

 

 

Indicadores de Crédito da Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
--
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mar
Abr
Mai
IGP-M
1,1477
1,1466
1,1072
IGP-DI
1,1557
1,1353
1,1056
IPCA
1,1130
1,1213
1,1173
IPC-Fipe
1,1096
1,1226
1,1227

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas