Novas atualizações da Apple trazem opção de crediário

Chamada de Pay Later, a função permite que os usuários parcelem compras diretamente no app, com todo o processo de parcelamento sendo gerenciado pela Apple

Mariana Missiaggia
07/Jun/2022
  • btn-whatsapp
Novas atualizações da Apple trazem opção de crediário

Em mais uma de suas apresentações, a Apple divulgou nesta segunda-feira, 06/06, as suas novidades durante a edição de 2022 do evento Worlwide Developers Conference (WWDC).

Em meio às atualizações, a companhia americana anunciou o Apple Pay Later – uma possibilidade de parcelamento de compras. No último ano, executivos da Apple já haviam mencionado o interesse em entrar no mercado de Buy Now Pay Later, na tradução para o português, compre agora e pague depois.

A expectativa é de que a nova função esteja disponível até o final deste ano junto com a atualização do iOS para a versão 16.

De acordo com a gigante da tecnologia, os usuários poderão dividir de forma prática e segura o custo de uma compra feita pelo Apple Pay em até quatro parcelas iguais que devem ser quitadas num intervalo de até seis semanas e que podem ser realizadas a cada 15 dias.

Disponível inicialmente nos Estados Unidos, o serviço será disponibilizado para todos os usuários do Apple Pay futuramente, incluindo o Brasil. A função de dividir o valor da compra vai aparecerá no momento de concluir o processo, ao lado da opção de realizar o pagamento integral da compra.

A Apple não explicou exatamente como o formato irá funcionar, mas no exemplo mostrado pela empresa, o usuário que optar pelo parcelamento vai acabar pagando juros pela operação. Uma cafeteira de US$ 170, por exemplo, passaria a custar US$ 185 com a opção de parcelamento ativa.

E como tudo acontece dentro do aplicativo, o consumidor não precisa da permissão do vendedor ou lojista para dividir suas compras, já que tudo ocorre diretamente no aplicativo da Apple.

O Apple Wallet, chamado de Carteira no Brasil, vai lembrar aos usuários sobre o pagamento das parcelas para evitar atrasos. 

A novidade marca a entrada da Apple num novo mercado e acirra a disputa no crediário digital. Um estudo realizado pela consultoria canadense Precedence Research aponta que o mercado de Buy Now Pay Later movimentou R$ 125 bilhões em 2021. A expectativa é de que esta cifra escale mais de 43% por ano até 2030, quando deve movimentar mais de U$ 3,2 trilhões no mundo.

Na ocasião, outras atualizações do sistema operacional do iPhone (iOS) e updates para MacBook, iPad e Apple Watch foram mencionadas. O evento foi iniciado por Tim Cook, CEO da empresa, mas teve sua condução liderada pelo vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple, Craig Federighi, que deu maiores detalhes sobre o iOS 16.

O sistema operacional do iPhone foi o grande destaque do evento. Para os celulares, novas opções de tela de bloqueio, modo foco melhorado e ainda recursos de privacidade e Live Text foram as principais novidades anunciadas pela Apple no WWDC 2022. 

 

IMAGEM: Reprodução

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas