Novas atualizações da Apple trazem opção de crediário

Chamada de Pay Later, a função permite que os usuários parcelem compras diretamente no app, com todo o processo de parcelamento sendo gerenciado pela Apple

Mariana Missiaggia
07/Jun/2022
  • btn-whatsapp
Novas atualizações da Apple trazem opção de crediário

Em mais uma de suas apresentações, a Apple divulgou nesta segunda-feira, 06/06, as suas novidades durante a edição de 2022 do evento Worlwide Developers Conference (WWDC).

Em meio às atualizações, a companhia americana anunciou o Apple Pay Later – uma possibilidade de parcelamento de compras. No último ano, executivos da Apple já haviam mencionado o interesse em entrar no mercado de Buy Now Pay Later, na tradução para o português, compre agora e pague depois.

A expectativa é de que a nova função esteja disponível até o final deste ano junto com a atualização do iOS para a versão 16.

De acordo com a gigante da tecnologia, os usuários poderão dividir de forma prática e segura o custo de uma compra feita pelo Apple Pay em até quatro parcelas iguais que devem ser quitadas num intervalo de até seis semanas e que podem ser realizadas a cada 15 dias.

Disponível inicialmente nos Estados Unidos, o serviço será disponibilizado para todos os usuários do Apple Pay futuramente, incluindo o Brasil. A função de dividir o valor da compra vai aparecerá no momento de concluir o processo, ao lado da opção de realizar o pagamento integral da compra.

A Apple não explicou exatamente como o formato irá funcionar, mas no exemplo mostrado pela empresa, o usuário que optar pelo parcelamento vai acabar pagando juros pela operação. Uma cafeteira de US$ 170, por exemplo, passaria a custar US$ 185 com a opção de parcelamento ativa.

E como tudo acontece dentro do aplicativo, o consumidor não precisa da permissão do vendedor ou lojista para dividir suas compras, já que tudo ocorre diretamente no aplicativo da Apple.

O Apple Wallet, chamado de Carteira no Brasil, vai lembrar aos usuários sobre o pagamento das parcelas para evitar atrasos. 

A novidade marca a entrada da Apple num novo mercado e acirra a disputa no crediário digital. Um estudo realizado pela consultoria canadense Precedence Research aponta que o mercado de Buy Now Pay Later movimentou R$ 125 bilhões em 2021. A expectativa é de que esta cifra escale mais de 43% por ano até 2030, quando deve movimentar mais de U$ 3,2 trilhões no mundo.

Na ocasião, outras atualizações do sistema operacional do iPhone (iOS) e updates para MacBook, iPad e Apple Watch foram mencionadas. O evento foi iniciado por Tim Cook, CEO da empresa, mas teve sua condução liderada pelo vice-presidente sênior de engenharia de software da Apple, Craig Federighi, que deu maiores detalhes sobre o iOS 16.

O sistema operacional do iPhone foi o grande destaque do evento. Para os celulares, novas opções de tela de bloqueio, modo foco melhorado e ainda recursos de privacidade e Live Text foram as principais novidades anunciadas pela Apple no WWDC 2022. 

 

IMAGEM: Reprodução

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
--
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas