Meta puxa lista de marcas mais admiradas nos EUA

Atrás da dona do Facebook aparecem a Crocs (foto) e Beats by Dre em lista da Morning Consult, marcas que mostram que em 2022 os consumidores estiveram menos interessados em novidades e priorizaram conforto e previsibilidade

Mariana Missiaggia
02/Jan/2023
  • btn-whatsapp
Meta puxa lista de marcas mais admiradas nos EUA

Se tivesse que apostar, diria que uma empresa de calçados de um único modelo foi uma das marcas mais admiradas deste ano entre todas as outras possibilidades do mercado norte-americano?

Ficando atrás apenas da Meta (antigo Facebook), a Crocs foi apontada como a segunda na lista mais recente de “Marcas de crescimento mais rápido” da empresa de inteligência de negócios, Morning Consult. A lista mede a percepção dos consumidores sobre as marcas mais citadas e o quão dispostos esses consumidores estiveram para consumi-las em 2022.

Muito popular entre os jovens adultos, e calçando os pés de seus filhos, a Crocs se destaca, segundo o relatório, no crescimento multigeracional e é apontada pelos fãs da marca como singular e criativa.

A FORMAÇÃO DA LISTA

Para listar 20 marcas, a Morning Consult realizou duas enquetes: uma em janeiro e outra em outubro. As pesquisas foram realizadas on-line e perguntaram aos consumidores quais marcas eles estavam pensando em comprar ou usar em um universo de 1,7 mil.

Para cada marca, a Morning Consult calculou a diferença entre a porcentagem de consumidores que se interessaram pela marca em janeiro de 2022 e a porcentagem que manifestou interesse em outubro. As marcas com maiores aumentos entraram na lista, sendo que a campeã foi a Meta, com 6,5% de crescimento. A Crocs, segunda colocada, cresceu 3%.

Em uma análise publicada no relatório, Claire Tassin, analista de varejo e comércio eletrônico da Morning Consult, aponta que em 2022 os consumidores estavam menos interessados em coisas novas. Além disso, os consumidores mostraram menos disposição para gastar, já que os preços da maioria dos produtos subiram, o que deu vantagens às marcas que ofertaram conforto e previsibilidade.

Por sua vez, a lista de 2021 foi dominada por um mix de marcas que se saíram bem durante a pandemia, como os serviços de streaming Paramount+ e HBO Max, em um cenário em que as pessoas estavam mais dispostas a experimentar novas marcas, disse Claire. 

Confira os principais nomes da lista:

1. Meta - A Meta opera as redes de mídia social Facebook, Instagram e Whatsapp, e mudou seu nome de Facebook para Meta em 2021. A mudança veio após o CEO Mark Zuckerberg anunciar o desejo de transformar o Facebook em uma empresa metaversa.

Esse renascimento é o motivo pelo qual a Meta liderou a lista de marcas de crescimento mais rápido. Entretanto, os cortes em massa cada vez mais frequentes no mercado de tecnologia trazem desafios de curto, médio e longo prazo para a empresa, que também luta contra dois elementos muito fortes - uma associação com o Facebook, que não tem uma opinião pública muito calorosa, e um CEO que é muito público, o que, de acordo com a pesquisa, não é bom para uma marca.

Nos últimos meses, a big tech demitiu 11 mil funcionários e seu valor de mercado despencou de US$ 1 trilhão, no começo de 2022, para US$ 240 bilhões - o mesmo valuation de 2014.

Tida como uma das maiores potências do mercado de tecnologia, a Meta enfrenta não apenas a concorrência de plataformas como o TikTok, como também sofre com restrições de outros players como a Apple, que mudou a sua política de privacidade nos dispositivos móveis.

Daqui para frente, resta saber se a aposta de Zuckerberg no metaverso – movimento que inclusive originou a mudança no nome da empresa – renderá dividendos no futuro, pois até o momento essa área está apenas consumindo dinheiro da companhia.

Ainda assim, o peso da marca Facebook/Meta causa um efeito enorme, especialmente entre a Geração X e Baby Boomers, por ter aprimorado as ferramentas de comunicação e revolucionado a relação entre as marcas e seus potenciais clientes e consumidores - tudo em um ambiente interativo, intuitivo e simples - utilizando formatos de texto, vídeo, foto e áudio.

2. Crocs - Mundialmente conhecida, a Crocs fabrica calçados de borracha em uma infinidade de cores e estampas. A empresa relatou fortes resultados financeiros e manteve a produção em andamento durante a pandemia, enquanto outras marcas sofreram paralisações de fábricas e outros problemas na cadeia de suprimentos.

O material da Morning Consult revela que os líderes da Crocs atribuem o sucesso da empresa a um plano de recuperação que começou há seis anos e se concentrou em públicos-alvo de consumidores importantes, capturando tanto compradores orientados por tendências que se apegam às colaborações da marca quanto aqueles que apreciam o produto principal.

Além disso, uma forte presença na mídia social tem ajudado os clientes em potencial a superar os desafios de estilo desses sapatos não tradicionais apontando interações de estilos orientados por tendências e opções de acessórios para uma base de fãs atraída pela função e conforto do sapato.

3. Beats by Dre - Fundada pelo produtor musical Dr. Dre e pelo executivo da gravadora Jimmy Lovine, a Beats by Dre fabrica fones de ouvido e é subsidiária da Apple desde 2014.

4. Stok Cold Brew - A Stok faz café frio em garrafas pronto para beber, bem como doses de café expresso que podem ser adicionadas a uma xícara de café normal.

5. Milwaukee Tools - A Milwaukee fabrica ferramentas elétricas domésticas, como motosserras, furadeiras e sopradores de folhas.

6. Zelle - Zelle é um aplicativo de pagamentos digitais que permite aos usuários transferir dinheiro entre suas contas bancárias.

7. Adobe - Adobe faz software de computador. Seus programas de consumo mais populares incluem o Photoshop e o Premiere Pro, um software de edição de vídeo.

8. Cream Cheese Great Value - Marca própria da rede de supermercados Walmart, que  também fabrica uma variedade de produtos alimentícios, o Cream Cheese Great Value ficou em oitavo lugar na lista de marcas que mais crescem.

Comum na mesa dos norte-americanos, o produto subiu no ranking este ano graças a inflação que atingiu os alimentos, principalmente os laticínios, mais fortemente do que a maioria das outras categorias de produtos no ano passado. Ao mesmo tempo, marcas como a Filadélfia - mais tradicional da categoria - sofreram escassez de cream cheese no final de 2021 e início de 2022, criando uma abertura para a concorrência.

9. Gatorade Fit - Com uma linha de bebidas esportivas feitas sem adição de açúcar, ao contrário do tradicional Gatorade, a marca, que pertence à PepsiCo, lançou a linha no início de 2022.

10. Office Depot - A Office Depot opera uma cadeia de pouco mais de 1 mil lojas de material de escritório nos Estados Unidos. Sua empresa controladora, a ODP, também é proprietária da OfficeMax.

11. Chobani Yogurt - A Chobani Yogurt é uma linha especializada em iogurtes feitos a partir de ingredientes naturais da Chobani, empresa americana de alimentos.

12. T-Mobile - A empresa vende telefones celulares e planos de serviço e está entre os principais provedores de celular dos Estados Unidos, juntamente com a Verizon e a AT&T.

13. Celsius Fitness - A Celsius fabrica bebidas energéticas destinadas a atletas e compradores com um estilo de vida ativo.

14. Google Sheets - O formato de Planilhas do Google é um dos programas gratuitos que os usuários do Google podem acessar como parte do Google Docs.

15. Major League Baseball - A liga esportiva profissional mais antiga do mundo, a Major League Baseball, inclui 30 times profissionais de beisebol nos Estados Unidos e no Canadá.

16. Chobani - A Chobani fabrica iogurte, creme de café, leite de aveia e outros laticínios e produtos substitutos de laticínios. A empresa foi fundada em 2005, quando Hamdi Ulukaya comprou uma fábrica de iogurte abandonada no interior do estado de Nova York.

17. Häagen-Dazs - A marca de sorvetes mais vendida em supermercados e em sua própria rede de lojas pertence à fabricante de cereais e salgadinhos General Mills.

18. Frito-Lay - A Frito-Lay vende lanches, incluindo batatas fritas Doritos, folhados de Cheetos e pipoca Smartfood. A marca é uma divisão da fabricante de refrigerantes PepsiCo.

19. Boost Mobile - A Boost comercializa celulares e planos de voz e dados.

20. Four Loko - A Four Loko fabrica bebidas enlatadas com licor de malte e ganhou popularidade entre os universitários no início dos anos 2000 porque misturava álcool e cafeína. A Four Loko removeu a cafeína e todos os estimulantes de suas bebidas em 2010, após desafios legais e problemas de saúde.

 

IMAGEM: Crocs/divulgação 

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas