Financiamentos imobiliários somam R$ 5,77 bi em abril

Alta foi de 2,2% em comparação com março e avanço de 40,3% em relação a abril do ano passado, de acordo com Abecip

Estadão Conteúdo
30/Mai/2019
  • btn-whatsapp
Financiamentos imobiliários somam R$ 5,77 bi em abril

Os financiamentos para a compra e a construção de imóveis no País somaram R$ 5,77 bilhões em abril, alta de 2,2% em comparação com março e avanço de 40,3% em relação a abril do ano passado.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (30/05), pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) e consideram apenas os empréstimos com recursos originados nas cadernetas.

No primeiro quadrimestre de 2019, os financiamentos atingiram R$ 21,4 bilhões, elevação de 39,7% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado dos últimos 12 meses até abril, os empréstimos totalizaram R$ 63,5 bilhões, alta de 40,2% em relação ao apurado nos 12 meses anteriores.

No início do ano, a Abecip divulgou a projeção de que os financiamentos devem atingir R$ 69 bilhões em 2019, o equivalente a uma alta de 20% frente a 2018.

UNIDADES

Em termos de quantidade de imóveis, a pesquisa da Abecip apurou que os empréstimos atenderam a compra e a construção de 21,1 mil unidades em abril, resultado 10,6% inferior ao de março, mas superior em 27,8% ao de abril do ano passado. Nos primeiros quatro meses de 2019, os recursos atenderam 83,9 mil imóveis, alta de 38,2% em relação a igual período de 2018.

Nos últimos 12 meses até abril, foram financiados 251,6 mil imóveis, aumento de 36,9% em relação ao apurado nos 12 meses anteriores.

RANKING

A Caixa Econômica Federal, considerada o banco da habitação, reassumiu o protagonismo no setor após ter retraído a liberação de recursos no ano passado e perdido a liderança em meio a ajustes internos.

O banco estatal liderou o ranking de concessão de financiamentos em abril, com R$ 1,693 bilhão em desembolsos. Em seguida vieram Bradesco (R$ 1,314 bilhão), Itaú Unibanco (R$ 1,328 bilhão), Santander (R$ 687,9 milhões) e Banco do Brasil (R$ 646,2 milhões).

No quadrimestre, a Caixa se distanciou na liderança, com empréstimos de R$ 5,901 bilhões. Em seguida estão Bradesco (R$ 5,053 bilhões), Itaú Unibanco (R$ 4,547 bilhões), Santander (R$ 3,534 bilhões) e Banco do Brasil (R$ 1,664 bilhão).

Em 2018, o Bradesco liderou a concessão de financiamentos, com desembolsos que totalizaram R$ 15,1 bilhões. A Caixa ficou em segundo lugar, atingindo R$ 13,2 bilhões, de acordo com a Abecip.

IMAGEM: Thinkstock

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas