Em fevereiro, pedidos de falência caem 42%

Melhora das condições econômicas desde 2017, que permitiu às empresas apresentarem sinais mais sólidos nos indicadores de solvência, diz Boa Vista

Estadão Conteúdo
03/Mar/2020
  • btn-whatsapp

Os pedidos de falência recuaram 42% em fevereiro ante janeiro, de acordo com os dados nacionais da Boa Vista. Na comparação com fevereiro de 2019, a queda foi de 77,9%, enquanto em 12 meses houve redução de 10,5%.

Por outro lado, na margem, cresceram os pedidos de recuperação judicial (26,6%), as recuperações judiciais deferidas (56,4%) e as falências decretadas (43,9%). Ante igual período do ano passado, porém, houve queda de 23,7%, 30,1% e 11,8%, respectivamente.

No acumulado em 12 meses o indicador também recuou nos pedidos de recuperação judicial (5,5%), nas recuperações judiciais deferidas (9,7%) e nas falências decretadas (13,8%).

Na avaliação da Boa Vista, esse movimento de retração em 12 meses está atrelado à melhora das condições econômicas desde 2017, que permitiu às empresas apresentarem sinais mais sólidos nos indicadores de solvência.

"De maneira geral, o desempenho da situação financeira das empresas somado à expectativa de uma leve melhora da atividade econômica neste começo de ano aponta para a continuidade dessa tendência nos indicadores dos próximos meses", diz a Boa Vista. 

FOTO: Thinkstock

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas