Desempenho da indústria terá impacto negativo no PIB

A retomada do setor dependerá da celeridade da aprovação da reforma da Previdência e da economia efetiva de recursos públicos

Instituto Gastão Vidigal
03/Mai/2019
  • btn-whatsapp
Desempenho da indústria terá impacto negativo no PIB

De acordo com a Pesquisa Mensal da Indústria (PMI) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em março, a produção industrial mostrou queda de 6,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, enquanto no acumulado em 12 meses houve contração de 0,1%, a primeira desde agosto de 2017, nessa mesma base de comparação.

No comparativo anual, houve queda disseminada em todas as categorias de uso, com destaque negativo para bens duráveis e de capital, esses últimos vinculados com o investimento produtivo.

Esses resultados podem ser explicados pela existência de dois dias úteis a menos em relação a março de 2018, devido ao Carnaval.

Porém, o “efeito calendário” por si só não é capaz de explicar a magnitude da contração. Também pesaram a fraca demanda interna, o aumento da incerteza quanto a aprovação da reforma da previdência e a redução das exportações, devido ao menor ritmo de crescimento da economia mundial.

Em síntese, a produção industrial fecha o primeiro trimestre do ano apresentando recuo, aumentando a possibilidade de leve contração do Produto Interno Bruto (PIB) durante esse mesmo período.

A maior capacidade ociosa, a piora das expectativas dos empresários e os dados de exportação mais fracos, somados à maior base de 2018, sinalizam nova redução da atividade do setor em abril. A retomada da tendência de crescimento nos meses seguintes dependerá da celeridade da aprovação da reforma da Previdência e da economia efetiva de recursos públicos em relação à proposta inicial.

 

IMAGEM: Thinkstock

 

 

 

 

 

 

Indicadores de Crédito da Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
--
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mar
Abr
Mai
IGP-M
1,1477
1,1466
1,1072
IGP-DI
1,1557
1,1353
1,1056
IPCA
1,1130
1,1213
1,1173
IPC-Fipe
1,1096
1,1226
1,1227

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas