Consumidores esperam inflação de 4,8%

De acordo com a FGV, a parcela de consumidores que dizem esperar uma inflação abaixo do limite inferior da meta perseguida pelo BC aumentou, de 5,6% em outubro para 6,4%

Estadão Conteúdo
25/Nov/2019
  • btn-whatsapp
Consumidores esperam inflação de 4,8%

A mediana da inflação esperada pelos consumidores para os próximos 12 meses ficou em 4,8% em novembro, 0,1 ponto porcentual, abaixo do resultado obtido em outubro (4,9%), segundo o Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores, divulgado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (25/11).

O dado de novembro repetiu o mínimo histórico, registrado em julho de 2007 (4,8%). Em relação ao mesmo mês do ano anterior, houve queda de 0,8 ponto A expectativa de inflação dos consumidores vem caindo desde julho deste ano, conforme a FGV.

"Apesar das previsões para o IPCA Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo deste mês apresentarem aceleração da inflação, o bom comportamento do índice nos últimos meses parece contribuir cada vez mais para a ancoragem das expectativas à meta oficial", diz um trecho da nota divulgada pela entidade.

De acordo com a FGV, a parcela dos consumidores que dizem esperar uma inflação abaixo do limite inferior da meta perseguida pelo Banco Central (2,75%) aumentou, de 5,6% em outubro para 6,4% em novembro, "o maior porcentual até o momento de 2019".

Já a proporção de consumidores que disseram esperar inflação acima do limite superior da meta (5,75%) para 2019 vem diminuindo desde junho. Em novembro caiu 2,6 ponto porcentual, atingindo 29,7%, a menor proporção desde abril de 2018 (29,4%).

No desagregado por faixas de renda, a maior queda em novembro nas expectativas medianas para a inflação nos 12 meses seguintes ocorreu entre as famílias com renda familiar mensal entre R$ 4,8 mil e R$ 9,6 mil, cuja expectativa mediana diminuiu 0,6 ponto, para 4,0%, o menor nível da série histórica.

Para os consumidores de renda acima de R$ 9,6 mil, a expectativa mediana se manteve em sua mínima histórica de 4,0% pelo terceiro mês consecutivo.

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas