Confiança do comerciante está no melhor nível desde dezembro de 2021, diz CNC

Com a melhora do humor do empresário do comércio, a confederação elevou para 1,5% a expectativa de alta nas vendas anuais do varejo

Redação DC
27/Mai/2022
  • btn-whatsapp

O índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) registrou alta de 5,7% na passagem de abril para maio, chegando aos 120,2 pontos, o maior patamar desde dezembro de 2021. Este indicador varia de zero a 200 pontos, sendo que resultados acima de 100 pontos evidenciam otimismo.

Na comparação com maio do ano passado, a alta foi de 31,6%, mas é preciso lembrar que há um ano as atividades econômicas estavam restritas pelas medidas de controle da pandemia.

Em maio, os três subíndices do ICEC tiveram alta na variação mensal, com destaque para o subíndice que mede as condições atuais, que avançou 11,8%, chegando aos 102,2 pontos.

“As variações positivas entre janeiro e março do volume de vendas, com mais pessoas circulando nas lojas, e o crescimento da intenção de consumo das famílias, a despeito da inflação e dos juros altos, melhoraram a percepção dos empresários sobre as condições correntes”, informa a Confederação Nacional do Comércio (CNC), responsável pela apuração do ICEC.

O subíndice que mede as expectativas registrou alta de 3,7%, aos 150,8 pontos. E a intenção de investimento cresceu 3,5%, batendo nos 107,5 pontos. “Embora os preços no atacado estejam comprimindo as margens e alterando a dinâmica da recomposição dos estoques, o comércio sentiu em maio maior facilidade de repor produtos na prateleira do que há um ano”, afirma a confederação.

 

REVISÃO DAS EXPECTATIVAS

Com a melhora no humor dos comerciantes, a CNC refez suas projeções para o crescimento das vendas do varejo no ano, que agora estão em alta de 1,5%.

“Espera-se que as medidas de suporte à renda e ao consumo, como os saques extraordinários do FGTS e a antecipação dos benefícios do INSS, tenham efeitos mais concentrados no consumo e pagamento de dívidas na segunda metade do ano”, diz Izis Ferreira, economista da CNC responsável pelo ICEC.

 

IMAGEM: Marcelo Soares/DC

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Abr
Mai
Jun
IGP-M
1,1466
1,1072
1,1070
IGP-DI
1,1353
1,1056
--
IPCA
1,1213
1,1173
--
IPC-Fipe
1,1226
1,1227
--

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
-2,1%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
1,5%
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas