Como ganhar dinheiro com o Metaverso

Até 2026, 25% das pessoas deverão gastar pelo menos uma hora por dia em algum ambiente metaverso, segundo a consultoria americana Gartner

Mariana Missiaggia
14/Abr/2022
  • btn-whatsapp
Como ganhar dinheiro com o Metaverso

Com a promessa de fazer com que ações do mundo físico sejam reproduzidas no mundo digital, o metaverso tem atraído lançamentos de empreendimentos, reproduções de escritórios, eventos e produtos financeiros.

Um relatório divulgado pela Gartner, consultoria americana especializada em tecnologia, aponta que até 2026 um quarto das pessoas deverá gastar pelo menos uma hora por dia em algum ambiente metaverso, seja para trabalho, compras, educação, atividades sociais ou entretenimento.

O fato é que o aumento da popularidade desse universo e os investimentos na criação de ambientes digitais tridimensionais já movimentam milhões e chamam a atenção de investidores à procura de alternativas de aplicações.

Depois de entender que a proposta do metaverso é levar atividades habituais dos usuários para o ambiente virtual, também vale esclarecer que essa possibilidade não é restrita a uma única plataforma tecnológica. Há diversas opções para ter acesso a tudo isso.

Desde plataformas de tecnologia, como o Facebook, que mudou seu nome para Meta, até varejistas como a Nike e Renner abraçaram o conceito imersivo com o objetivo de focar seus negócios neste universo. Todos querendo acompanhar de perto essa mudança de comportamento das pessoas em busca de mais experiências tridimensionais.

Diante desse cenário, seria essa uma oportunidade de faturar com o metaverso? É possível que sim. Já existem alguns tipos de investimentos relacionados a ele.

FUNDOS DE INVESTIMENTO

Ainda conservando os aspectos tradicionais de investimento, a compra de ações de empresas de tecnologia envolvidas nesse novo ambiente é uma opção de aplicação.

Normalmente, os fundos de investimento em metaverso têm uma carteira composta por ações de empresas que se relacionam com o tema. Um exemplo é a META (antigo Facebook), que na bolsa brasileira tem seu BDR negociado sob o código FBOK34.

Outra alternativa, o jogo Fortnite, desenvolvido pela empresa Epic Games, já experimenta grandes sucessos em seu metaverso com milhões de avatares. Já o fundo Trend Metaverso FIA BDR Nível I, da XP, tenta replicar o índice Bloomberg Metaverse Index, composto por cerca de 30 ações globais que se relacionam com o tema metaverso por meio de investimento.

CRIPTOMOEDAS

Como as transações financeiras também são uma realidade em um metaverso, as criptomoedas se tornam uma categoria de investimento.

Alguns exemplos de criptomoedas utilizadas em metaversos são Decentreland (MANA);The Sandbox (SAND);Enjin Coin (ENJIN);Yield Guild Games (YGG).

Para comprá-las só é preciso abrir uma conta em uma exchange, uma espécie de corretora de valores exclusiva para criptomoedas.

A MANA usada no metaverso Decentreland chegou a valorizar 400% em novembro de 2021, após o anúncio da maior transação envolvendo terrenos virtuais. Desde seu lançamento, a MANA já ganhou aproximadamente 4.700% de valor em sua cotação.

NFTs

Depois de adquirir as criptomoedas, os interessados podem investir em NFTs, que são representações digitais de ativos financeiros registrados em uma rede blockchain e que fazem parte de um metaverso.

Já existem terrenos virtuais sendo comercializados como NFTs. No fim do ano passado, por exemplo, um terreno no metaverso Decentreland foi vendido por 618 mil MANA, o equivalente a US$ 2,5 milhões na época. Outros itens de jogos também são exemplos de NFTs que são negociados em ambientes metaversos.

ETFs

Os Exchange Trade Founds ou ETFs são como fundos de investimentos compostos por ativos que seguem um índice de referência. É o caso do Roundhill Ball Metaverse ETF, que foi lançado em junho de 2021. Seu indexador é o índice Ball Metaverse. Quem investe nesse ativo não se preocupa em negociar os títulos diretamente, pois se trata de uma gestão passiva.

Assumindo os riscos, já que se trata de um investimento de renda variável, basta escolher a forma mais adequada ao perfil e fazer a aplicação.

É ARRISCADO?

Se aprofundar nesse universo pode até parecer coisa do futuro, mas na verdade, essas negociações já são uma realidade e há pessoas ganhando dinheiro com elas.

O mercado de numerários digitais tem vivido um processo de expansão, com a criação de novos ativos e o aumento da demanda.

As NFTs, por exemplo, cresceram tanto em popularidade que hoje é quase comum que figuras públicas, como artistas plásticos, vendam seus próprios itens usando essa tecnologia. Ao mesmo tempo em que os NFTs estão abrindo um novo mercado, há empresas emergentes que querem ter sua participação dentro desse universo.

Ao que parece, o mercado NFT continuará a evoluir e a se transformar. Ethan McMahon, economista da empresa de análise Chainalysis, acompanhou de perto a atividade da NFT e acredita que este é apenas o primeiro passo de muitos à medida que novas tecnologias emergem.

De acordo com McMahon, o boom que os ativos digitais estão vivenciando pegou o sistema financeiro e os governos de todo o mundo de surpresa, e o Brasil não é exceção.

Em fevereiro deste ano, a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) aprovou um projeto de lei que trata das operações com criptomoedas. O texto estabelece regulamentações e detalha as formas pelas quais o governo regula o uso de criptomoedas. Ao mesmo tempo, outros mercados como Europa e Estados Unidos estão começando a regular o uso de criptomoedas, e isso pode se tornar uma tendência global.

 

IMAGEM: Freepik

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Abr
Mai
Jun
IGP-M
1,1466
1,1072
1,1070
IGP-DI
1,1353
1,1056
--
IPCA
1,1213
1,1173
--
IPC-Fipe
1,1226
1,1227
--

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
1,5%
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas