Cliente de restaurante quer agilidade no delivery e rapidez no salão

Levantamento da Abrasel-SP em parceria com a plataforma de pesquisa Falaê aponta que esses itens estão entre os mais citados por clientes que falam bem, ou mal, do estabelecimento

Redação DC
15/Mar/2024
  • btn-whatsapp
Cliente de restaurante quer agilidade no delivery e rapidez no salão

Agilidade parece ser um fator determinante para a reputação de bares e restaurantes. O tempo de entrega de refeições pelo delivery e o tempo da espera no salão são destacados pelos clientes que falam bem, ou aqueles que falam mal do estabelecimento. 

Essas informações aparecem em estudo realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de São Paulo (Abrasel-SP) com a plataforma de pesquisa para restaurantes Falaê ao longo de 2023, que foram apresentadas agora. O levantamento ouviu cerca de 203 mil clientes de mais de 500 estabelecimentos espalhados pelo Brasil.

Entre os clientes que fizeram comentários negativos sobre o estabelecimento, 51,8% apontaram como problemas a demora no delivery e na fila de espera. Esses problemas foram mais relevantes para o cliente insatisfeito do que a qualidade do atendimento, do ambiente e das embalagens. 

Por sua vez, entre os clientes que fazem comentários positivos sobre os bares e restaurantes, 89,9% destacaram o tempo de espera pequeno e 89% a velocidade do delivery. No caso dos clientes satisfeitos, esses resultados ficam atrás, mas bem próximos, de atendimento, embalagem, qualidade e ambiente. 

O levantamento também apontou quais os fatores que levam o cliente para um estabelecimento pela primeira vez. Para 34,3% dos clientes pesquisados, o que os levam a conhecer um bar ou restaurante é a reputação do local e as recomendações feitas por terceiros.

Ter uma fachada atrativa, que desperte a atenção, também é relevante na conquista de clientes. Essa qualidade foi apontada por 31,4% dos respondentes. 

Também relevante é a presença do estabelecimento das redes sociais, apontado por 21% dos entrevistados. Nesse caso, a Abrasel-SP sugere ter mídias sociais com conteúdo contemporâneo, constantemente atualizado e produzido por influenciadores digitais.

“Além disso, é muito importante estar bem posicionado nos canais digitais para validar as recomendações recebidas pelos consumidores e para despertar ainda mais desejo no cliente. Isso significa ter clientes leais à marca, ter conteúdos de desejo e experiências, ter boas avaliações e comentários nas redes sociais.”

O estudo mostra ainda que os clientes com idades entre 25 e 44 anos são os mais exigentes. A Abrasel-SP diz que esse grupo etário está em busca de “experiências seguras, aconchegantes e de excelência, com um atendimento e produto de ni?vel alto.”

Entre as sugestões que aparecem na pesquisa para melhorar o atendimento a esse público, o investimento em infraestrutura para receber crianças se destaca. Segundo o levantamento, o termo “espac?o kids” foi citado 3.586 vezes em comentários durante o ano de 2023, seja para elogiar o estabelecimento ou para criticar. 

“Caso o restaurante atenda esse perfil de consumidor [entre 25 e 44 anos], a atenção para produtos e experiências para crianças deve ser frequente. Isso pode alavancar vendas com outras ocasiôes de consumo e cria possibilidades de trabalhar com estratégias diretamente voltadas ao atendimento e recepção das crianças e seus pais no estabelecimento”, aponta a Abrasel-SP.

IMAGEM: Freepik

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas