|Análise|Queda de preços deve se intensificar em dezembro

Deflação em novembro fez o resultado anual (variação acumulada em 12 meses) recuar para 4,05%, abaixo da meta anual perseguida pelo Banco Central (4,5%)

Instituto Gastão Vidigal
08/Dez/2018
  • btn-whatsapp
|Análise|Queda de preços deve se intensificar em dezembro

Surpreendendo o mercado, a inflação “oficial”, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentou queda de 0,21%, a mais baixa para o mês desde 1994.

Essa deflação fez o resultado anual (variação acumulada em 12 meses) recuar para 4,05%, abaixo da meta anual perseguida pelo Banco Central (4,5%).

As principais influências de baixa vieram dos combustíveis, devido à diminuição do preço da gasolina na refinaria, e da energia elétrica, decorrente da mudança na bandeira tarifária.

Também houve deflação em novembro, segundo o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), que alcançou a 1,14%, também provocando arrefecimento no resultado anual (acumulado em 12 meses), que alcançou a 8,38%.

O resultado mensal pode ser explicado fundamentalmente pela redução dos preços dos combustíveis, que contribui para diminuir os preços das matérias primas (IPA).

Em síntese, o resultado de novembro deixou o IPCA, em termos anuais, abaixo da meta, enquanto o IGP-DI também confirma a descompressão dos preços, principalmente no atacado.

Essa descompressão deverá se intensificar em dezembro, com novas quedas dos preços dos combustíveis e da tarifa elétrica, confirmando as expectativas de que a inflação em 2018 permanecerá baixa, adiando o aumento da taxa básica de juros (SELIC) por parte do Banco Central.

 

 

 

 

 

 

 

 

Indicadores de Crédito da Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
--
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mar
Abr
Mai
IGP-M
1,1477
1,1466
1,1072
IGP-DI
1,1557
1,1353
1,1056
IPCA
1,1130
1,1213
1,1173
IPC-Fipe
1,1096
1,1226
1,1227

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas