Notícias

É preciso cuidado com os Eventos de Tabelas para avançar no eSocial


O auditor fiscal Cláudio Maia, da Receita Federal, explica as principais ocorrências dos Eventos de Tabelas na primeira fase de implantação do sistema


  Por Redação DC 16 de Maio de 2019 às 17:41

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


Os dados enviados ao eSocial precisam seguir uma sequência faseada. Sem que uma informação primária conste da base de dados do sistema, a informação secundária se torna inútil.  

Por exemplo, para que o empresário possa enviar a folha de pagamento por meio do eSocial, antes é preciso que ele tenha cadastrado os dados dos seus funcionários.

Nessa sequência, os chamados Eventos de Tabelas são as principais ocorrências da primeira fase da implantação. Eles irão identificar o perfil do empregador, os riscos aos quais seus funcionários estão sujeitos, as bases salariais, entre outros.

No vídeo abaixo, o auditor fiscal Cláudio Maia, da Receita Federal, explica as principais ocorrências dos Eventos de Tabelas na primeira fase de implantação do sistema.

 

IMAGEM: Thinkstock