Gestão

Como montar um negócio em casa: Dicas para começar


Empreender em casa exige cuidados extras, como a separação de horários para trabalhar e para receber amigos e parentes. Confira mais dicas


  Por Nando Gaspar 05 de Março de 2021 às 12:46

  | CEO da Studio Doze Comunicação e idealizador da Conexão Empreendedora


Nesses tempos incertos, a opção por montar um negócio em casa ganhou força, seja pela mudança de rumo, para poder ter o conforto de trabalhar sem precisar se locomover, ou mesmo para ter uma renda extra.

Esse é o seu caso? Se sim, confira dicas fundamentais para começar a realizar esse sonho. Aliás, parabéns pela iniciativa de empreender e buscar informações a respeito.

DEFINA COM O QUE VOCÊ DESEJA TRABALHAR

Não basta querer descobrir como montar um negócio em casa, é preciso definir que tipo de trabalho será desenvolvido, afinal, cada um possui suas particularidades.

Se a sua ideia é começar a fazer bolos para vender, por exemplo, o processo será diferente das ações necessárias caso decida trabalhar com algo ligado a marketing digital.

VERIFIQUE SE PODE EXERCER A ATIVIDADE ESCOLHIDA EM CASA

Uma das principais dicas é checar junto à prefeitura se a atividade escolhida realmente pode ser exercida em um endereço residencial, e o que é preciso ser feito para que isso aconteça.

Um alvará do Corpo de Bombeiros e uma permissão da Vigilância Sanitária, por exemplo, podem ser necessários.

CRIE UM PLANO DE NEGÓCIOS

O plano de negócios é essencial em qualquer tipo de empreendimento, e nesse caso não é diferente.

Estruture esse documento da forma correta e com o maior número de informações possível, como o público que deseja atender, o produto/serviço com o qual irá trabalhar etc.

Caso você não seja adepto ao Plano de Negócios, conheça o MVP (Mínimo Produto Viável), o método que as startups usam para saber se o seu produto/serviço será aceito.

CERTIFIQUE-SE DE TER O NECESSÁRIO PARA COMEÇAR

Dentro do plano de negócios deve constar a quantia relacionada ao investimento necessário para começar o seu empreendimento.

Portanto, para preencher essa parte, certifique-se de que possui a quantidade necessária para esse começo, lembrando que esse valor deve ser suficiente para tirar a ideia o papel e mantê-la funcionando. Lembre-se do capital de giro, até que o lucro comece a aparecer.

SEPARE UM ESPAÇO PARA DESENVOLVER SUAS ATIVIDADES

O trabalho desenvolvido em casa também necessita de um espaço próprio para ser realizado, um espaço no qual você realmente se sinta trabalhando.

Se possível, separe um cômodo para isso e estruture-o com os móveis e equipamentos necessários.

Em casos como o da confecção de bolos, citado no início, sua própria cozinha servirá de “escritório”, não sendo preciso construir outra para isso. Mas, ainda assim, é preciso ter um espaço para armazenar os materiais que serão usados, dispensa, armazenagem etc.

CONVERSE COM A SUA FAMÍLIA SOBRE ESSA DECISÃO

Uma das maiores dificuldades de quem escolhe trabalhar em casa é ter que lidar com demandas familiares no horário do expediente.

Para evitar que isso atrapalhe os negócios, converse com sua família a respeito, explique que se trata de um trabalho sério que não deve ter interrupções e que seu espaço deve ser respeitado.

Defina o horário em que irá trabalhar, para que tenha tempo também para sua família, para você, e para estudar formas de ampliar o seu negócio.

E agora que você já conhece as principais dicas de como montar um negócio em casa, é só descobrir qual tipo de atividade mais combina com você e ter coragem de dar o primeiro passo.

Afinal, #empreendernavidareal é muito mais legal.

E como dica final, ao escolher a sua atividade, converse com outras pessoas da área para conhecer bem os bastidores do negócio.

Nunca compare o seu início de jornada com o meio ou fim do trabalho de alguém. Abrace o empreendedorismo, ele é um caminho sem volta para o seu desenvolvimento pessoal neste novo ciclo.

Um forte abraço.






Publicidade




Publicidade







Publicidade