Gestão

ACCertificado de Origem: o novo sistema da ACSP para certificação digital


O novo certificado facilita o processo de emissão e validação de um certificado de origem, mitigando erros no preenchimento e proporcionando aos exportadores brasileiros agilidade, eficiência e segurança


  Por Michel Abdo Alaby 21 de Dezembro de 2020 às 13:00

  | Consultor de Comércio Exterior da Associação Comercial de São Paulo


Para os profissionais de comércio exterior, incluindo-se os despachantes aduaneiros, será sempre importante ficar atento às alterações em suas áreas de atuação e aos novos serviços oferecidos. Não deixe de acompanhar todas as movimentações. Aproveite o tempo para aprender, atualizar-se, passar pelos passos necessários para que seus negócios estejam aptos para a retomada no ano de 2021. Estar perto dos seus clientes e fornecedores é fundamental.

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), preocupada com a atualização tecnológica, desenvolveu um novo sistema de emissão de certificados de origem, que é oferecido por toda a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

O certificado foi desenvolvido e é administrado pela ACSP, referência em emissões do documento em todo o país, e homologado pela Coordenadoria-Geral de Certificações de Origem (CGRO), da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

Com quase 180 mil linhas de programação elaboradas ao longo de meses de trabalho, o ACCertOrigem facilita o processo de emissão e validação de um certificado de origem, mitigando erros no preenchimento e proporcionando aos exportadores brasileiros agilidade, eficiência e, principalmente, segurança na emissão de um dos principais documentos no processo de exportação.

O ACCertOrigem traz o ‘estado da arte’ da tecnologia em um único e exclusivo sistema, representando um relevante passo na modernização digital do processo de certificação de origem brasileiro.

Vantagens:

  • Sistema próprio das Associações Comerciais homologado pelo Ministério.
  • Todos os acordos vigentes, incluindo MERCOSUL-Egito e SACU.
  • Informações e classificações integradas com a empresa aduaneiras, fornecedora exclusiva à Receita Federal do Brasil.
  • Declaração de origem em uma única etapa, já com opção de assinar digitalmente.
  • Upload de procuração e contrato social e solicitação de substituição via sistema.
  • Opção de vínculo entre despachante e exportador.
  • Visualização de Acordos e Normas de Origem
  • Emissão 100% digital, com assinatura digital.
  • Atende todo Estado de São Paulo.

A importância da certificação de origem foi tema de recente evento com representantes da ALADI (Associação Latino Americana de Integração) e da SECEX (Secretaria de Comércio Exterior) do Ministério da Economia, denominado “O Futuro do Certificado de Origem Pós Covid 19”. Isso mostra o destaque que autoridades dão para essa documentação.

Qualquer dúvida ou esclarecimento sobre o ACCertOrigem, consultar o departamento de comércio exterior da Associação Comercial e/ou o site www.facesp.com.br/certificadodeorigem 

IMAGEM: Pixabay







Publicidade




Publicidade






Publicidade