Brasil

Governo paulista quer atrair R$ 36 bilhões em investimentos até 2022


Gestão Doria prepara um pacote de concessões e PPPs que envolve trens, metrô, rodovias, aeroportos e hidrovias


  Por Redação DC 16 de Outubro de 2020 às 14:39

  | Da equipe de jornalistas do Diário do Comércio


O governo de São Paulo apresentou nesta sexta-feira, 16/10, um plano de estímulo para a economia do estado. Chamado de Retomada 21/22, a proposta prevê R$ 36 bilhões em investimentos e a geração de 2 milhões de empregos.

Coordenado pelo Secretário de Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles, o plano tem 19 projetos para atração de investimentos privados nacionais e estrangeiros em todas as regiões do estado, em especial no setor de infraestrutura.

Segundo o governador João Doria, serão beneficiados 14 polos de desenvolvimento econômico. “Entre eles, tecnologia, comércio, serviços, saúde, indústria, infraestrutura, turismo e agricultura. É o mais audacioso plano de desenvolvimento econômico já realizado em São Paulo”, disse o governador.

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA

O Retomada 21/22 prevê atrair investidores por meio de concessões e PPPs (Parcerias Público-Privadas) de projetos que envolvem trens, metrô, rodovias, aeroportos e hidrovias.

As ações estão combinadas em seis eixos: infraestrutura, dinamismo setorial, ambiente de negócios, desenvolvimento sustentável, redução de desigualdades e internacionalização.

Estão previstas medidas para reduzir a burocracia e facilitar a atuação de investidores São Paulo, além da expansão de missões comerciais do Governo do Estado em busca de novos negócios no exterior.

 

IMAGEM: governo do estado de SP

 





Publicidade





Publicidade





Publicidade