Supermercados paulistas acumulam alta de 4% nas vendas até outubro

Para dezembro, a Apas acredita que ceias menores e caseiras devam ser o principal movimento das famílias e espera um aumento de 8% em vendas

Estadão Conteúdo
07/Dez/2020
  • btn-whatsapp
Supermercados paulistas acumulam alta de 4% nas vendas até outubro

Os supermercados de São Paulo acumulam alta de vendas de 4% no ano de 2020 até o mês de outubro. Em 2019, o acumulado para o mesmo período foi de 0,6%. Na comparação com o mesmo mês de 2019, porém, outubro deste ano apresentou queda de 1% nas vendas.

Os dados são da pesquisa mensal sobre o faturamento real no Estado, divulgado pela Associação Paulista de Supermercados (Apas).

Os números são deflacionados e consideram o conceito de mesmas lojas - unidades em operação no tempo mínimo de 12 meses.

Para o presidente da Apas, Ronaldo dos Santos, o índice é visto com naturalidade uma vez que houve acomodação nas vendas após a abertura dos setores não essenciais, como bares, restaurantes e shoppings durante a pandemia.

"O crescimento significativo do comércio nos últimos meses demonstra que boa parte da renda familiar foi redirecionada para fora dos supermercados", explica Santos.

Para dezembro, a Apas acredita que ceias menores e caseiras devam ser o principal movimento das famílias e espera um aumento de 8% em vendas nos supermercados. Em 2019, a expectativa para o período era de 6%.

 

IMAGEM: Thinkstock

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas