Setor de seguros arrecada R$ 355,9 bi em 2022 e cresce 16,2%

Foram pagos R$ 219,4 bilhões em indenizações, benefícios, resgates e sorteios no ano passado, alta de 15,5% em termos anuais

Estadão Conteúdo
03/Fev/2023
  • btn-whatsapp

O setor de seguros arrecadou R$ 355,9 bilhões em 2022, um crescimento de 16,2% em relação a 2021, de acordo com a Confederação Nacional das Seguradoras (CNSeg). Em dezembro, os prêmios chegaram a R$ 33,7 bilhões, alta de 8,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

"O ano foi muito positivo. As indenizações cresceram em linha com a arrecadação, mantendo assim um mercado saudável", disse em nota o presidente da CNSeg, Dyogo Oliveira. Segundo ele, os dados de dezembro mostram uma tendência de crescimento mais equilibrado, após um ano em ritmo acelerado.

Ao todo, o setor pagou R$ 219,4 bilhões em indenizações, benefícios, resgates e sorteios no ano passado, alta de 15,5% em termos anuais. Em dezembro, o pagamento foi de R$ 18,9 bilhões, crescimento de 5,2% no mesmo intervalo.

Em arrecadação, o Estado de São Paulo liderou, em R$ 138,4 bilhões. Em indenização, foram R$ 44 bilhões. Logo em seguida vêm Rio de Janeiro, com R$ 34,5 bilhões em arrecadação, e Minas Gerais, com R$ 30,3 bilhões.

Segundo a CNSeg, o ramo que mais cresceu em arrecadação em 2022 foi o de viagem, com alta de 166,7%, para R$ 1 bilhão. O rural cresceu 39,5%, para R$ 13,4 bilhões, enquanto o automóvel teve alta de 32,9%, para R$ 50,9 bilhões.

 

IMAGEM: Freepik

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas