Rede japonesa opta por franchising para se expandir pelo Brasil

Sem operar no e-commerce, a Miniso projeta encerrar 2018 com 100 unidades no país. Apesar da menor taxa de royalties, o investimento inicial de uma franquia é de R$ 1,5 milhão

Karina Lignelli
13/Jun/2018
  • btn-whatsapp
Rede japonesa opta por franchising para se expandir pelo Brasil

O investimento não é baixo: R$ 1,5 milhão. Mas a taxa de franquia é de R$ 40 mil ao ano, e os royalties têm um valor fixo mínimo de R$ 5 mil mensais, sem percentual sobre o faturamento, "para ajudar os franqueados a expandirem seus negócios", nas palavras do vice-presidente Ray Lei. 

Eis aí a estratégia da Miniso, rede japonesa de lojas do estilo tem-de-tudo - ou "100-yen", como é comumente chamada em seu país de origem -para crescer no Brasil, o primeiro país da América do Sul a contar com lojas da marca, onde espera fechar 2018 com 100 unidades franqueadas no Sul e no Sudeste.  

A rede chegou por aqui em agosto do ano passado com um modelo de expansão rápido e agressivo,  sempre em locais movimentados, fazendo concorrência à conterrânea Daiso e, recentemente, dividindo um pouco disso com as nacionais Allmini, Econômica e Lojas Mel.

Presente em 60 países e com mais de 2 mil lojas no mundo, a Miniso investe R$ 4 bilhões na expansão brasileira, mesmo em tempos de saída lenta e gradual da crise. 

"Acreditamos na recuperação dos mercados através do varejo", afirma Lei. "O Brasil é o quinto maior país do mundo, e enxergamos seu mercado como uma grande oportunidade." 

LEIA MAIS:  Ele quer se tornar o rei das utilidades domésticas

O perfil perseguido pela Miniso, de acordo com Lei, é de franqueados com capital "apropriado" além de experiência acumulada em varejo.

Até agora, foram implantadas 10 lojas na capital e no ABC Paulista, e ainda neste semestre, serão fechados 50 contratos. A metade é de franqueados paulistas. 

INTERIOR DE UMA DE UMA LOJA DA MARCA

"Queremos investidores com credibilidade e que tenham interesse em nossa marca para expandir o negócio", diz Frank Wei, diretor da empresa no Brasil. Ele reforça que a aposta no país é grande, para que "os brasileiros consigam desfrutar dos produtos com qualidade e preço acessível."

De acordo com a empresa, o faturamento de uma franquia da marca pode variar entre R$ 400 mil a R$ 1 milhão, a partir de um ano e meio, aproximadamente. 

O FUTURO É A LOJA FÍSICA?

A expansão da Miniso no formato de franquias também tem a ver com outra estratégia da rede: crescer em sentido oposto ao do varejo como um todo e de outras empresas jovens como ela, que tem apenas cinco anos de atividades. Sem vender produtos online, nem entrar para e-commerce.

"As pessoas nunca vão se cansar de comprar nas lojas físicas", disse Ye Guofu, um dos fundadores da Miniso, a um jornal chinês de negócios. Ele acredita que as vendas físicas são o futuro e, nesse sentido, segundo afirmou, a Miniso está focada "em melhorar cada vez mais suas lojas." 

Criada por Guofu em parceria com o designer Miyake Junya, a filosofia da marca é celebrar o estilo de vida japonês, por meio de produtos simples e de qualidade.

Apesar de o Brasil representar apenas 1% dos US$ 10 bilhões líquidos do seu faturamento global, a perspectiva com o crescimento local da rede Miniso é encerrar 2018 com R$ 300 milhões em vendas no país, segundo Ray Lei.  

FOTOS: Divulgação

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas