Quem produz muito lixo precisa ter cadastro na Prefeitura de SP

A obrigatoriedade vale para empresas que geram mais de 200 litros de lixo por dia

Redação DC
18/Abr/2019
  • btn-whatsapp
Quem produz muito lixo precisa ter cadastro na Prefeitura de SP

Os estabelecimentos comerciais do município de São Paulo precisam se cadastrar no Sistema de Controle de Resíduos de Grande Gerador (CTRE – RGG), da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb).   

O cadastro é obrigatório para o comércio, a indústria e condomínios não residenciais, incluindo shoppings, que produzam mais de 200 litros de lixo por dia.

A partir do cadastro, a Prefeitura quer aumentar a fiscalização. Segundo a Amlurb, a partir de agora, o lixo só poderá ficar em caçambas que terão códigos de rastreamento para todo o descarte do lixo ser monitorado até a chegada aos aterros.

LEIA MAIS: Até o lixo virou mídia para a propaganda

O cadastro é uma obrigatoriedade prevista em lei de 2002, mas poucos estabelecimentos a cumprem. Agora, a prefeitura decidiu intensificar a fiscalização.

A empresa que produz mais de 200 litros de lixo por dia que não se cadastrar no prazo de 90 dias, que começou a valer em 10 de abril, poderá ser multada em mais de R$ 16 mil.

O cadastramento pode ser feito online no site da prefeitura de São Paulo. A ferramenta armazena os documentos, evitando o gasto e acúmulo de papel.

 

IMAGEM: Pixabay

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Fev
Mar
Abr
IGP-M
1,1612
1,1477
1,1466
IGP-DI
1,1535
1,1557
1,1353
IPCA
1,1054
1,1130
1,1213
IPC-Fipe
1,1033
1,1096
1,1226