Portal de comércio exterior vai beneficiar 8 mil pequenos negócios

Ferramenta que simplifica trâmites de importação e exportação do MDIC passa a valer para micro e pequenas empresas a partir de 2 de julho

Agência Sebrae
05/Abr/2018
  • btn-whatsapp
Portal de comércio exterior vai beneficiar 8 mil pequenos negócios

A partir do próximo dia 2 de julho, o Portal Único do Comércio Exterior estará disponível para micro e pequenas empresas exportadoras de todo o país.

A novidade, segundo o Sebrae, beneficiará mais de 8 mil pequenos negócios que exportam seus produtos - e que representam 38% das empresas exportadoras do país -, por meio da redução de prazos e custos envolvidos nas operações.

A ferramenta simplifica trâmites para vendas externas, elimina documentos e etapas e reduz exigências governamentais.

LEIA MAIS: Exportação é a solução? Depende

“Com o Portal Único nós atacamos diretamente a burocracia que, como todos nós sabemos, é um dos componentes principais do custo Brasil e afeta de maneira ainda mais dramática as micro e pequenas empresas”, afirma Renato Agostinho da Silva, diretor do departamento de operações de comércio exterior (Decex) da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), durante a abertura da 50ª edição Seminário de Operações de Comércio Exterior, realizado nesta quarta-feira (04/04).

Renata Malheiros, gerente de Acesso do Sebrae, aponta a importância do debate sobre a desburocratização do comércio exterior e dos procedimentos simplificados para importação e exportação.

Segundo ela, é sabido que as pequenas empresas, "mais do que ninguém', sofrem muito com questões burocráticas, com vários procedimentos para poder exportar.

"Esse tipo de iniciativa fortalece o trabalho do Sebrae porque traz parceiros importantes como MDIC, a Receita Federal e o Mapa, e facilita um ambiente de negócios mais amigável para o comércio exterior no âmbito das pequenas empresas”, afirma.

SERVIÇO

Os exportadores têm até o dia 2 de julho de 2018 para migrar completamente suas operações para o Novo Processo de Exportações do Portal Único de Comércio Exterior: http://portal.siscomex.gov.br/ 

Pelo novo sistema, os exportadores poderão preencher a Declaração Única de Exportação (DU-E), que substitui os atuais Registro de Exportação (RE), Declaração de Exportação e Declaração Simplificada de Exportação (DSE).

O preenchimento da DU-E pode ser feito pelo próprio empresário, na própria tela do Portal Único. A medida vai beneficiar, principalmente, as micro e pequenas empresas exportadoras.

Entre os principais benefícios, pode-se destacar a eliminação de documentos e de etapas processuais, integração com a Nota Fiscal Eletrônica, redução em 60% no preenchimento de informações, automatização da conferência de informações, guichê único entre exportadores e governo, fluxos processuais paralelos e expectativa de redução de 40% do prazo médio para a operação de exportação.

FOTO: Thinkstock

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
--
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas