Piaggio anuncia que vai produzir Vespa no Brasil

A fabricante italiana quer aproveitar o aumento das vendas das scooters, que entre 2009 e 2015 cresceram cerca de 60% no mercado nacional

Ansa
26/Jun/2016
  • btn-whatsapp
Piaggio anuncia que vai produzir Vespa no Brasil

A famosa motocicleta Vespa, que pode ser vista em abundância nas ruas italianas, pode se tornar mais comum também no Brasil nos próximos anos.

Isso porque a fabricante italiana Piaggio anunciou que trará a marca para o país a partir do segundo semestre deste ano.

"É uma das únicas montadoras de moto internacionalmente relevante que ainda não estava presente no país", explicou o sócio da Asset Beclley, que trará a marca, Santo Magliacane, em comunicado.

No começo, as lambretas serão importadas, mas a ideia é construir uma fábrica no país para garantir não apenas o abastecimento do mercado local, mas também expandir as vendas para os países da região no futuro.

A Piaggio quer aproveitar o aumento das vendas das scooters no Brasil, que entre 2009 e 2015 cresceram cerca de 60%. A expectativa é garantir ao menos 10% do mercado nacional nos próximos cinco anos, ficando atrás de Honda e Yamaha.

A Piaggio é uma companhia italiana de criação e montagem de veículos de duas rodas fundada por Reinaldo Piaggio.

A marca ficou famosa após criar um modelo de transporte que atendeu às necessidades de mobilidade diárias dos italianos após a II Guerra Mundial, época na qual a Europa tentava se recuperar da crise econômica que abalava o continente.

Em 1946, Enrico Piaggio, filho do fundador, desenhou a Vespa, uma scooter prática, simples, robusta, elegante e, sobretudo, de baixo custo, características que ajudaram a popularizar a motocicleta, que se tornou um sucesso mundial e um símbolo para uma geração.

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
--
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas