Pequenos negócios relatam queda nos custos operacionais

Pesquisa do Sebrae mostra que a pressão de custos foi a principal dificuldade para 32% dos empreendedores em julho. No levantamento anterior, 38% reportaram o problema como sendo o mais grave

Redação DC
11/Set/2023
  • btn-whatsapp
Pequenos negócios relatam queda nos custos operacionais

Pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que o aumento dos custos foi a principal preocupação para 32% dos micro e pequenos empreendedores ao longo de julho. 

Esse resultado é melhor do que o apresentado na pesquisa de abril, quando 38% estavam apreensivos com o aumento de despesas com energia, aluguel, combustível, matéria-prima, etc. É também 10 pontos percentuais menor do que o resultado da pesquisa de julho de 2022.

Ainda assim, segundo o levantamento, 70% dos empresários identificaram um encarecimento dos custos em julho, abaixo dos quase 80% em abril deste ano. 

Apesar dessa constatação, a pesquisa mostra que os donos de pequenos negócios resistem à possibilidade de repassar esse aumento para os seus clientes. Mais da metade dos empreendedores (51%) mantiveram seus preços e apenas 8% repassaram, na integralidade, o aumento das despesas para seus clientes.

“Percebemos uma gradativa e consistente melhora nas condições gerais da economia brasileira. O dono do pequeno negócio já sente isso nos seus custos diretos com energia, combustíveis, entre outras despesas da empresa”, comenta Décio Lima, presidente do Sebrae.


IMAGEM: Freepik

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas