O lance da Coca-Cola no mercado de água de coco

Com o lançamento que chega às gôndolas do varejo esta semana, a companhia pretende atacar um segmento que cresceu quase 42% nos últimos cinco anos. enquanto o de refrigerantes declina

Estadão Conteúdo
21/Set/2018
  • btn-whatsapp
O lance da Coca-Cola no mercado de água de coco

A Coca-Cola Brasil estreou em um novo mercado no País: com a marca Del Valle, vai brigar no segmento de águas de coco. O objetivo da companhia é alcançar vendas de até 10 milhões de litros em um ano, o que representa quase 6% do volume total do setor no País, segundo dados da consultoria Euromonitor.

"A empresa está sempre olhando para mudanças de hábitos e de comportamento dos consumidores", diz Pedro Abondanza, gerente de marketing da Coca-Cola Brasil para Del Valle.

Com o lançamento que chega às gôndolas do varejo esta semana, a Coca-Cola pretende atacar um mercado que cresceu quase 42% nos últimos cinco anos, segundo a Euromonitor. A rival Pepsico, porém, é uma das maiores do segmento com a marca Kero Coco, ao lado de Sococo e Ducôco.

No mesmo período, o mercado de refrigerantes encolheu 20%, mas é muito maior, com um volume de 13 bilhões de litros. Até 2022, a Euromonitor prevê expansão de 1,2% no mercado de refrigerantes e de 37% em água de coco.

A iniciativa da Coca-Cola no Brasil segue uma tendência que a companhia já havia testado em outros mercados. Em 2017, a gigante das bebidas adquiriu a marca norte-americana Zico.

LEIA MAIS: A estratégia da Coca-Cola para diversificar com cafeterias

O movimento acompanha esforços do setor de bebidas para se adequar à demanda dos consumidores por itens mais saudáveis. Dados levantados pela Kantar Worldpanel apontam que, mesmo nos anos de auge da crise de econômica, como em 2015, a água de coco não perdeu participação nos lares brasileiros. São cerca de 17% dos domicílios que incorporaram o produto à sua rotina de compras. 

 

 

Matérias relacionadas

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas