Nuvemshop vira unicórnio com aporte de R$ 2,6 bi

A empresa argentina, que tem o Brasil como principal mercado, quer acelerar o crescimento de sua base de clientes, na maior parte, pequenos e médios varejistas

Estadão Conteúdo
18/Ago/2021
  • btn-whatsapp
Nuvemshop vira unicórnio com aporte de R$ 2,6 bi

A plataforma de e-commerce Nuvemshop é o mais novo unicórnio da América Latina. Em nova rodada de investimentos, a empresa levantou US$ 500 milhões (o equivalente a R$ 2,6 bilhões) e passou a ser avaliada em US$ 3,1 bilhões (R$ 16 bilhões).

Com o dinheiro novo, a empresa quer acelerar o crescimento de sua base de clientes - na maior parte, pequenos e médios varejistas -, lançar ferramentas próprias em soluções financeiras, logística e também ampliar a presença em outros países além de Brasil e Argentina, como México, Peru, Chile e Colômbia.

O Brasil é, de longe, o principal mercado da empresa fundada, há 11 anos, na Argentina. "Foi um aporte inesperado, pois no nosso último aporte, realizado em março, pensávamos que o interesse dos fundos iria diminuir, mas só aumentou", afirma Santiago Sosa, fundador e presidente da Nuvemshop. "Um dia eu acordei e pensei que estava sendo cabeça-dura em não ouvir novas propostas."

A empresa também vai usar o aporte para contratar mais pessoas, algo que tem feito de maneira acelerada desde o início da pandemia. No início do ano passado, a companhia tinha 100 funcionários e, agora, chegou a 600. Na visão de Sosa, a empresa chegará aos 5 mil empregados nos próximos anos.

FUNDOS

O investimento foi liderado pelos fundos Insight Partners e Tiger Global Management, que já investiram em Twitter e Uber, respectivamente, e também teve a entrada de outros novos acionistas como Alkeon, Owl Rock, Sunley House Capital e VMG Partners.

Os atuais investidores, como os fundos Accel e Kaszek, também fizeram parte da rodada. Esse investimento é o quarto maior já realizado em uma empresa da América Latina, atrás somente dos aportes de Nubank (US$ 1,15 bilhão) e Loft (US$ 525 milhões), concretizados neste ano, além do realizado na colombiana Rappi (US$ 1 bilhão), em 2019. 

 

IMAGEM: Divulgação/Nuvemshop 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas