Monitor do PIB tem alta de 0,7% em junho

Crescimento observado na passagem do primeiro trimestre para o segundo trimestre do ano foi puxado pelo setor de serviços, único a apresentar crescimento no período (0,3%), de acordo com a FGV

Estadão Conteúdo
14/Ago/2019
  • btn-whatsapp
Monitor do PIB tem alta de 0,7% em junho

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro avançou 0,7% na passagem de maio para junho, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

No segundo trimestre, o PIB cresceu 0,2% em comparação ao primeiro trimestre do ano, após um ligeiro recuo de 0,1% observada no trimestre anterior.

Em relação ao segundo trimestre de 2018, a atividade econômica cresceu 0,7% no segundo trimestre deste ano. A taxa acumulada em 12 meses manteve a alta de 0,9% no segundo trimestre, mesmo resultado observado no trimestre anterior.

"O crescimento de 0,2% da economia neste segundo trimestre, segundo o Monitor do PIB-FGV, põe a economia de volta à trajetória de crescimento que havia se perdido no primeiro trimestre. Entre os três grandes setores, a agropecuária e a indústria apresentam taxas negativas, salvando-se os serviços, que já apresenta taxas positivas há dez trimestres", diz Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota oficial.

O crescimento observado na passagem do primeiro trimestre para o segundo trimestre do ano foi puxado pelo setor de serviços, único dos três grandes setores de atividade a apresentar crescimento no período (0,3%).

Sob a ótica da demanda, o consumo das famílias avançou 0,7%, enquanto a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos no PIB) teve expansão de 2,3%.

"Os dados mostram que, apesar do crescimento, a economia ainda não consegue se expandir a taxas mais robustas", diz Claudio Considera.

Na comparação do segundo trimestre de 2019 com o segundo trimestre de 2018, o consumo das famílias cresceu 2,1%. A FBCF teve elevação de 4,0%. As exportações avançaram 2,6%, e as importações tiveram alta de 4,5%. Em termos monetários, o PIB totalizou aproximadamente R$ 3,469 trilhões em valores correntes no primeiro semestre do ano.

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas