Maiores bancos brasileiros perdem US$ 27 bi em valor de mercado

Segundo a Economatica, Bradesco foi a instituição financeira que teve a maior perda nominal, seguido por Itaú, Banco do Brasil e Santander

Estadão Conteúdo
04/Set/2019
  • btn-whatsapp
Maiores bancos brasileiros perdem US$ 27 bi em valor de mercado

Os quatro maiores bancos brasileiros de capital aberto perderam US$ 26,9 bilhões em valor de mercado no mês de agosto.

O dado é da consultoria Economatica, que fez os cálculos a partir do retorno no período das ações mais líquidas de instituições financeiras com ativos acima de US$ 100 bilhões.

O Bradesco foi o banco do País que teve a maior perda nominal, com valor de mercado US$ 8,606 bilhões menor que em julho. A segunda maior queda foi do Itaú Unibanco, que passou a valer US$ 8,567 bilhões a menos. O Banco do Brasil perdeu US$ 5,295 bilhões, enquanto o Santander Brasil registrou queda de US$ 4,494 bilhões.

Os papéis utilizados no cálculo da Economatica foram as ações ON do BB, PN do Bradesco e do Itaú e unit do Santander Brasil.

Em termos nominais, o banco com a maior desvalorização entre todos da lista foi o Bank of America Corp, com queda de US$ 29,507 bilhões em valor de mercado.

Nesse quesito, o Bradesco é o quinto colocado. O Banco do Brasil teve a maior queda do retorno porcentual da ação em dólares entre todos os 45 bancos do levantamento, com queda de 13,72%. Em seguida vêm as ações do Bradesco, com redução de 13,07%, e em terceiro vem o holandês ING.

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas