Luiza Trajano volta à lista mundial de bilionários da Forbes

Com os problemas na concorrente Americanas, as ações do Magazine Luiza, que tem a empresária como principal acionista, valorizaram 65% no último mês

Redação DC
02/Fev/2023
  • btn-whatsapp
Luiza Trajano volta à lista mundial de bilionários da Forbes

Luiza Helena Trajano, fundadora da varejista Magazine Luiza, voltou à lista mundial de bilionários da revista Forbes após as ações da Magalu subirem mais de 65% no último mês, impulsionadas pela crise contábil da concorrente Americanas.

A fortuna da empresária é estimada em US$ 1,1 bilhão (R$ 5,5 bilhões), o que a coloca na posição 2.423 no ranking. No melhor momento da companhia, em 2021, a empresária atingiu um patrimônio de US$ 5,6 bilhões (R$ 28,6 bilhões).

Luiza deixou a lista de bilionários em junho, após os ativos da varejista perderem mais de 90% de seu valor em 11 meses. Na época, a desvalorização foi motivada pela deterioração do cenário econômico do país, que ainda segue sendo um problema para a companhia.

Ela foi presidente do Magazine Luiza entre 1991 e 2015. Em 2016 passou o controle da empresa para o filho Frederico Trajano. Durante a gestão da empresária, o Magazine, que nasceu na década de 1950 em Franca, interior paulista, lançou as primeiras lojas virtuais e iniciou um processo de expansão para o Paraná e o Mato Grosso do Sul.

Em 2000 foi lançado o e-commerce da varejista, a principal aposta da rede desde então. A chegada à bolsa ocorreu em 2011. Luiza é hoje a principal acionista da rede.

MUSK PERDE LIDERANÇA

O empresário Elon Musk deixou o posto de pessoa mais rica do mundo, segundo a lista da Forbes. O fundador da Tesla perdeu a liderança do ranking para o francês Bernard Arnault, CEO da LVMH, maior empresa de artigos de luxo do mundo, com cerca de 70 marcas de moda e cosméticos, incluindo Louis Vuitton, Christian Dior, Moet & Chandon e Sephora.

Arnault, no topo da lista, tem fortuna de US$ 213,3 bilhões, segundo estimativa do ranking. Musk aparece em segundo lugar, com uma fortuna estimada em US$ 183,5 bilhões.

Segundo a publicação, Musk permaneceu no posto de pessoa mais rica do mundo até dezembro do ano passado, quando sua fortuna diminuiu por conta da queda no preço das ações da Tesla. As ações da empresa caíram mais de 50% desde o pico em novembro de 2021 até 31 de janeiro de 2023.

A revista destaca que dois bilionários deixaram o top 10 da lista dos mais ricos. Mark Zuckerberg, presidente da Meta, holding de Facebook, Instagram e WhatsApp, era a quinta pessoa mais rica do mundo em março de 2021, com fortuna de US$ 97 bilhões. Com a queda de mais de 40% das ações da empresa desde então, Zuckerberg hoje aparece na 22ª posição, com US$ 55,2 bilhões.

O indiano Gautam Adani, do Grupo Adani, que chegou a ocupar a 3ª posição no ranking das pessoas mais ricas do mundo, acabou saindo do top 10, após o conglomerado ser acusado de fraude pela empresa de investimentos norte-americana Hindenburg Research. Nesta quinta-feira, ele aparece na 16ª posição, com fortuna estimada em US$ 64,6 bilhões.

Veja quem ocupa nesta quinta-feira as dez primeiras posições do ranking em tempo real dos mais ricos do mundo:

1º - Bernard Arnault (US$ 213,3 bilhões)

2º - Elon Musk (US$ 183,5 bilhões)

3º - Jeff Bezos (US$ 128,3 bilhões)

4º - Larry Ellison (US$ 114 bilhões)

5º - Warren Buffett (US$ 108 bilhões)

6º - Bill Gates (US$ 105,2 bilhões)

7º - Carlos Slim Helu (US$ 92,2 bilhões)

8º - Larry Page (US$ 87 bilhões)

9º - Sergey Brin (US$ 83,4 bilhões)

10º - Mukesh Ambani (US$ 82,9 bilhões)

 

*com informações do Estadão Conteúdo

IMAGEM: Magalu/divulgação

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas