Juro no crédito livre cai a 41% em abril, aponta BC

Entre as principais linhas de crédito livre para a pessoa física, destaque para o cheque especial, cuja taxa caiu de 324,7% ao ano para 321% ao ano

Estadão Conteúdo
28/Mai/2018
  • btn-whatsapp
Juro no crédito livre cai a 41% em abril, aponta BC

A taxa média de juros no crédito livre caiu de 41,4% ao ano em março para 41,0% ao ano em abril, informou nesta segunda-feira, 28, o Banco Central. Em abril de 2017, essa taxa estava em 48,9% ao ano.

Para pessoa física, a taxa média de juros no crédito livre passou de 57,2% para 56,8% ao ano de março para abril, enquanto para pessoa jurídica foi de 21,2% para 20,8% ao ano.

Entre as principais linhas de crédito livre para a pessoa física, destaque para o cheque especial, cuja taxa caiu de 324,7% ao ano para 321,0% ao ano de março para abril. No crédito pessoal, a taxa passou de 46,7% para 46,5% ao ano.

No início de abril, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou que os bancos vão oferecer a partir de julho um parcelamento para dívidas no cheque especial. A opção valerá para débitos superiores a R$ 200.

A expectativa da entidade é que essa migração do cheque especial para linhas mais baratas acelere a tendência de queda do juro cobrado ao consumidor.

VEÍCULOS

Os dados divulgados nesta segunda pelo Banco Central mostraram ainda que, para aquisição de veículos, os juros foram de 21,8% para 21,5% ao ano, de março para abril.

A taxa média de juros no crédito total, que inclui operações livres e direcionadas (com recursos da poupança e do BNDES), foi de 26,2% ao ano em março para 25,9% ao ano em abril. Em abril de 2017, estava em 30,1%.

ICC

Já o Indicador de Custo de Crédito (ICC) ficou estável em abril ante março, em 21,5% ao ano. O porcentual reflete o volume de juros pagos, em reais, por consumidores e empresas no mês, considerando todo o estoque de operações, dividido pelo próprio estoque.

Na prática, o indicador reflete a taxa de juros média efetivamente paga pelo brasileiro nas operações de crédito contratadas no passado e ainda em andamento.

SPREAD MÉDIO

O spread bancário médio no crédito livre caiu de 33,7 pontos porcentuais em março para 33,3 pontos porcentuais em abril, informou o Banco Central.

O spread médio da pessoa física no crédito livre foi de 49,0 para 48,6 pontos porcentuais no período. Para pessoa jurídica, o spread médio passou de 14,1 para 13,6 pontos porcentuais.

O spread médio do crédito direcionado passou de 4,5 pontos porcentuais em março para 4,2 pontos porcentuais em abril.

Já o spread médio no crédito total (livre e direcionado) passou de 20,0 para 19,7 pontos porcentuais no período.

Inadimplência

A taxa de inadimplência no crédito livre passou de 4,8% em março para 4,7% em abril, informou o Banco Central. Em abril de 2017, a taxa estava em 5,7%.

Para pessoa física, a taxa de inadimplência foi de 5,0% em março para 5,1% em abril. Para as empresas, a taxa passou de 4,4% para 4,2%.

A inadimplência do crédito direcionado passou de 1,7% em março para 1,9% em abril.

Já o dado que considera o crédito livre mais o direcionado mostra que a taxa de inadimplência continuou de 3,3% de março para abril.

Endividamento das famílias

O endividamento das famílias brasileiras com o sistema financeiro ficou em 41,4% em março, ante 41,3% em fevereiro, informou o Banco Central. Se forem descontadas as dívidas imobiliárias, o endividamento foi de 23,1% em março, ante 23,0% em fevereiro.

O cálculo do BC leva em conta o total das dívidas dividido pela renda no período de 12 meses. Além disso, incorpora os dados da Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar (Pnad) contínua e da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), ambas do IBGE.

Segundo o BC, o comprometimento de renda das famílias com o Sistema Financeiro Nacional (SFN) passou de 20,2% de fevereiro para 20,3% em março. Descontados os empréstimos imobiliários, o comprometimento da renda foi de 17,7% para 17,8% no período.

 

 

 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas