iFood anuncia expansão e mil novas vagas

Segundo a empresa, as principais áreas de contratação serão nos departamentos comercial e de tecnologia

Estadão Conteúdo
05/Fev/2019
  • btn-whatsapp
iFood anuncia expansão e mil novas vagas
O aplicativo de entrega de refeições iFood quer colocar comida na mesa de mais brasileiros este ano. Hoje presente em 483 municípios do País, a startup pretende chegar a "milhares de cidades" em 2019, de acordo com Carlos Moyses, presidente executivo da empresa.
 
CARLOS MOYSES, O PRESIDENTE
Para garantir esse crescimento, a companhia anunciou que pretende abrir mil vagas até o fim do ano -hoje, tem 1,4 mil pessoas trabalhando no Brasil, incluindo 650 contratadas nos últimos três meses.
 
LEIA MAIS: Cartão de crédito é mais usado para pagar comida e remédios

Segundo o executivo, as principais áreas de contratação serão nos departamentos comercial e de tecnologia. "Vamos investir em inteligência artificial, novas funções e melhoria na logística", disse Moyses. "Vamos melhorar o sistema de rotas para os entregadores -assim eles conseguem ser mais eficientes e os pedidos chegam mais rápido para os clientes." 

Outra área em que a empresa pretende avançar é a de pagamentos pelo aplicativo. Se for bem-sucedida, conseguirá faturar mais por participar das transações, ao mesmo tempo em que reduz o uso de maquininhas de cartão. 

Os recursos para a expansão virão do aporte de US$ 500 milhões recebido pela empresa em outubro -o maior para uma startup da América Latina. Na ocasião, o iFood virou um unicórnio (startup avaliada acima de US$ 1 bilhão). 

LEIA MAIS: Delivery é para todo tipo de negócio?

Não é o único número superlativo recente na trajetória da empresa: em janeiro, o aplicativo teve 14,1 milhões de pedidos no País. Ao todo, a empresa tem hoje 55 mil restaurantes e 10,8 milhões de usuários em sua base por aqui. Também opera no México e na Colômbia.

Para Moyses, não assusta o surgimento de competidores no mercado nacional. Além do Uber Eats, que rivaliza com o iFood para clientes de renda mais alta desde o fim de 2016, há também os apps de entrega de comida Rappi e Glovo, além dos serviços de delivery ofertados pelos próprios restaurantes. 

O mercado de delivery está em expansão: segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o setor movimentou R$ 11 bilhões em 2018.
 
"Nosso foco está em mudar hábitos", diz o executivo do iFood. Se depender dele, ninguém mais vai "esquentar a barriga" no fogão ou queimar a mão cozinhando. "Meu maior competidor ainda é o fogão."
 
 

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas