Frete subiu 1,96% em um ano, enquanto diesel disparou 41%

Os números são da plataforma de transporte rodoviário FreteBras. O preço médio do frete no país é de R$ 1,01 por quilômetro rodado por eixo

Redação DC
29/Mar/2022
  • btn-whatsapp
Frete subiu 1,96% em um ano, enquanto diesel disparou 41%

O preço médio do frete rodoviário no país em fevereiro era de R$ 1,01 por quilômetro rodado por eixo. O valor é 1,96% maior que o praticado em igual mês do ano passado. Os números fazem parte do Índice FreteBras do Preço do Frete (IFPF), divulgados nesta terça-feira, 29/03.

As regiões Sudeste e Sul têm os valores médios mais elevados do frete no Brasil. Em fevereiro, o preço nessas regiões era de R$ 1,02 por quilômetro rodado por eixo. Esse valor é 4,12% maior que o registrado em fevereiro de 2021.

Os valores mais baixos foram registrados no Nordeste (R$ 0,99) e Centro-Oeste (R$ 0,97).

Na comparação mensal, a maior alta do preço do frete foi registrada no Sul, com elevação de 1,53%.

FRETE X CUSTO DO DIESEL

As transportadoras dizem que a elevação do frete não compensa as recentes altas no preço do diesel. Pelos dados da FreteBras, enquanto o frete subiu 1,96% no país no período de um ano (fevereiro de 2021 a fevereiro de 2022), o diesel disparou 41,48%.

Na comparação mensal a disparidade também é grande. Na passagem de janeiro de 2022 para fevereiro, o frete subiu 0,23%, enquanto o preço do diesel aumentou 1,69%.

Os dados do Índice FreteBras de Preço do Frete (IFPF) têm base na análise de mais de 8 milhões de fretes cadastrados até fevereiro de 2022. A plataforma conta com mais de 640 mil caminhoneiros cadastrados e 17 mil empresas assinantes, que cobrem 95% do território nacional.

 

IMAGEM: Tomaz Silva/Agência Brasil

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas