Festa junina recheada de impostos

Alguns itens ultrapassam 60%, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) para a ACSP

Redação DC
25/Jun/2019
  • btn-whatsapp

As festas juninas seguem animando todas as partes do País até o fim do mês. E quem for festejar o São João com um novo look completo pagará quase 35% de impostos sobre o preço final das roupas, de acordo com a Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Considerando um figurino com calça jeans (R$ 100), bota (R$ 200), camisa xadrez (R$ 80) e chapéu de palha (R$ 20), totalizando R$ 400, o consumidor paga R$ 139,40 só de tributos. Sem a carga tributária o look custaria R$ 260,60.

Os quitutes juninos também são recheados de impostos, como amendoim, cocada, pé de moleque e paçoca, todos com 36,54% de carga tributária. Já 61,56% do quentão é puro imposto, enquanto o vinho nacional para fazer vinho quente tem alíquota de 54,73%.

“Impressionam as tributações de produtos típicos do arraial; algumas passam de 60%, como fogos de artifício. Já entre os produtos menos tributados estão alguns alimentos, em que praticamente não incide IPI e o ICMS é baixo”, comenta Marcel Solimeo, economista da ACSP. Cachorro quente, cuscuz, arroz doce e maçã do amor têm 15,28% de impostos.

Ele ressalta que já existem projetos de simplificação e unificação de impostos no Congresso, mas que é preciso criar meios de reduzir a carga tributária brasileira. “E isso só é possível com a aprovação da reforma da Previdência, que é o primeiro passo para a equilíbrio fiscal”, finaliza Solimeo.

 

 

 

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mai
Jun
Jul
IGP-M
1,1072
1,1070
1,1008
IGP-DI
1,1056
1,1112
1,0913
IPCA
1,1173
1,1189
1,1007
IPC-Fipe
1,1227
1,1169
1,1073

Indicadores de crédito Boa Vista

Índice
Abr
Mai
Jun
Demanda por crédito
-4,3%
-2,1%
-1,9%
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
1,1%
1,5%
-0,8%
Inadimplência do consumidor
5,0%
7,5%
-0,6%
Recuperação de crédito
1,8%
-5,6%
2,4%
mais índices

Vídeos

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Tarcísio de Freitas participa de ciclo de debates promovido pela ACSP

Felipe d’Avila, do Novo, foi sabatinado por empresários na ACSP

Márcio França fala em fim da ‘tiriricação’ da política

Colunistas