Entenda como funciona o empréstimo via maquininha

O governo liberou R$ 10 bilhões para essa modalidade de crédito voltada às micro e pequenas empresas e também ao MEI. Valor máximo emprestado será de R$ 50 mil

Redação DC
24/Set/2020
  • btn-whatsapp

O governo Federal liberou crédito extraordinário no valor de R$ 10 bilhões para atender empreendedores, que poderão solicitar recursos por meio do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac-Maquininhas).

O empréstimo poderá ser solicitado por micro e pequenas empresas e também pelo MEI (Microempreendedor Individual). Os juros são de 6% ao ano e o prazo previsto para pagamento é de 36 meses.

Ao contratar essa modalidade, o empresário oferece como garantia os valores resultantes de suas vendas realizadas com o uso de maquininha de cartão.

Uma porcentagem dos valores a receber será direcionada para o pagamento do empréstimo.

O valor do crédito concedido será o dobro da média mensal dos recebimentos via maquininha entre primeiro de março de 2019 e 29 de fevereiro de 2010.

Ou seja, se a média recebida pelo empreendedor via maquininha no período foi de R$ 5 mil, poderá solicitar crédito de R$ 10 mil.

O limite máximo do empréstimo é de R$ 50 mil.

 

IMAGEM: Pixabay

 

 

 

 

 

 

Indicadores de Crédito da Boa Vista

Índice
Mar
Abr
Mai
Demanda por crédito
0,6%
-4,3%
--
Pedidos de falência
--
--
--
Movimento do comércio
-1%
1,1%
--
Inadimplência do consumidor
5,1%
5,0%
7,5%
Recuperação de crédito
6,4%
1,8%
-5,6%
mais índices

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Mar
Abr
Mai
IGP-M
1,1477
1,1466
1,1072
IGP-DI
1,1557
1,1353
1,1056
IPCA
1,1130
1,1213
1,1173
IPC-Fipe
1,1096
1,1226
1,1227

Vídeos

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

O advogado Igor Nascimento Souza fala sobre o Fiagro

2º Encontro "Liberdade para Empreender”

SOS Empreendedores - Crédito e negociação de dívidas

Colunistas