Empresas do Simples podem ganhar mais prazo para regularizar débitos

O Comitê Gestor do Simples Nacional deve garantir mais dois meses para as micro e pequenas empresas acertarem eventuais pendências

Redação DC
17/Jan/2022
  • btn-whatsapp
Empresas do Simples podem ganhar mais prazo para regularizar débitos

O Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) deve decidir nesta semana se as empresas do Simples Nacional ganharão mais tempo para regularização de pendências de débitos.

O prazo atual para acertar as pendências é 31 de janeiro, que também é a data limite para adesão ao regime simplificado. Se o Comitê aprovar a elasticidade do prazo, as micro e pequenas empresas ganharão mais dois meses para regularizar os débitos.

É importante lembrar que empresas com pendências podem ser excluídas do Simples Nacional. Outro ponto importante a ser destacado é que, mesmo que o prazo para regularização seja dilatado, o prazo de opção pelo Simples permanece 31 de janeiro.

A previsão é que o CGSN decida sobre o tema na sexta-feira, 21/01.  

Segundo a Receita federal, “neste momento de retomada da economia, a deliberação do Comitê Gestor do Simples Nacional visa proporcionar aos contribuintes do Simples Nacional o fôlego necessário para que se reestruturem, regularizem suas pendências e retomem o desenvolvimento econômico que foi afetado devido à pandemia de covid-19.”

 

IMAGEM: Pixabay

Indicadores Econômicos

Fator de Reajuste

ÍNDICE
Fev
Mar
Abr
IGP-M
1,1612
1,1477
1,1466
IGP-DI
1,1535
1,1557
1,1353
IPCA
1,1054
1,1130
1,1213
IPC-Fipe
1,1033
1,1096
1,1226